Chefe do tráfico em favela de Del Castilho é preso em condomínio de luxo na Barra

Contra Roberto Júlio, o Sossó, líder do tráfico na Favela Bandeira 2, havia mandados de prisão por tráfico de drogas e homicídio

Por O Dia

'Sossó' foi preso em casa de luxo
'Sossó' foi preso em casa de luxo -

Rio - Policiais da 31ª DP (Ricardo de Albuquerque) prenderam, na manhã desta terça-feira, um homem apontado como o chefe do tráfico de drogas na Favela Bandeira 2, em Del Castilho, na Zona Norte do Rio. Roberto Julio, o Sossó, de 34 anos, foi preso em um condomínio de luxo na Barra da Tijuca, na Zona Oeste da cidade.

Segundo o delegado Maurício Mendonça, titular da 31ª DP, a prisão foi resultado de uma investigação que já durava mais de quatro meses. Contra Sossó havia pelo menos dois mandados de prisão em aberto, um por tráfico e outro por homicídio. A favela Bandeira 2, comandada pelo criminoso, é conhecida por ser um ponto de venda de crack. 

"Há informações que ele também atuava na distribuição de crack para outras comunidades da mesma facção, o que representa um grande em sua quadrilha, pois desestabiliza, causa prejuízo logístico", explicou.  

A casa dentro do condomínio, onde ele morava com a mulher e o filho, tinha dois andares, uma academia improvisada, piscina privativa e área com churrasqueira. O criminoso estava nas ruas desde 2003 e os vizinhos "acreditavam que ele era um morador comum", disse o delegado. 

Galeria de Fotos

'Sossó' foi preso em casa de luxo PCERJ / Divulgação
Chefe do tráfico na Favela Bandeira 2, em Del Castilho, morava em condomínio de luxo na Barra Reprodução vídeo / Divulgação
Chefe do tráfico na Favela Bandeira 2, em Del Castilho, morava em condomínio de luxo na Barra Reprodução vídeo / Divulgação

Últimas de Rio de Janeiro