Militar do Exército é baleado na Cidade de Deus

Ele foi atingido no antebraço quando as Forças Armadas faziam um patrulhamento na comunidade

Por O Dia

O Exército está na Cidade de Deus desde uma megaoperação no início de junho
O Exército está na Cidade de Deus desde uma megaoperação no início de junho -

Rio - Um militar do Exército foi baleado de raspão no antebraço, por volta de 0h30 desta quarta-feira, na Cidade de Deus, em Jacarepaguá, na Zona Oeste da cidade. De acordo com o Comando Conjunto da intervenção federal na segurança do Rio, ele foi atingido quando as Forças Armadas faziam um patrulhamento na comunidade e bandidos atiraram contra a equipe. Os militares reagiram e houve confronto.

Depois, os agentes fizeram uma procura na região, mas os criminosos conseguiram fugir e ninguém foi preso. As patrulhas seguem normalmente na Cidade de Deus.

O soldado ferido foi socorrido no Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra, e depois levado ao Hospital Central do Exército (HCE), em Benfica, na Zona Norte. Ele passa bem e não corre qualquer tipo de risco.

Nas redes sociais, moradores da comunidade e de bairros vizinhos relataram terem ouvido disparos de tiro no momento em que o militar foi baleado. "Ouço tiros aqui na (Rua) Edgard Werneck", informou um morador, da principal via da Cidade de Deus. "Estou ouvindo daqui da Curicica", avisou outro, de um bairro vizinho. "Daqui da (Estrada) Santa Efigênia ouço tiros", disse mais um, bem próximo. "Ouço daqui do Tangará", relatou um quarto, de uma localidade da comunidade.

Confrontos

A comunidade é a segunda a ter mais tiroteios em toda a Região Metropolitana do Rio até meados de julho - Severino Silva / Agencia O Dia

As Forças Armadas estão na Cidade de Deus, desde uma megaoperação realizada em seis comunidades da Zona Oeste, no início de junho. De lá pra cá, o efetivo dos militares no bairro tem sido reduzido gradativamente, mas alguns soldados permanecem por lá.

Nesse período de mais de um mês, barricadas montadas pelo tráfico de drogas foram destruídas e houve até uma denúncia de morador sendo agredido por militares em uma confusão.

A Cidade de Deus é a segunda maior comunidade da Região Metropolitana do Rio a registrar número de tiroteios até o último dia 13 de julho. Segundo levantamento do aplicativo Fogo Cruzado, a região só perde para a Praça Seca, também na Zona Oeste, em número de disparos no período. Foram 211 (Praça Seca) contra 167 (Cidade de Deus).

Galeria de Fotos

O Exército está na Cidade de Deus desde uma megaoperação no início de junho Severino Silva / Agencia O Dia
A comunidade é a segunda a ter mais tiroteios em toda a Região Metropolitana do Rio até meados de julho Severino Silva / Agencia O Dia

Últimas de Rio de Janeiro