Suspeitos de espancar homem até a morte são presos na Baixada

Trio atacou homem a socos, chutes, pauladas e tijoladas após presenciar briga da vítima com a ex-mulher

Por O Dia

Daniel Martins da Silva, conhecido como Dedão
Daniel Martins da Silva, conhecido como Dedão -

Rio - Policiais da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) prenderam, na manhã desta quinta-feira, três homens suspeitos de participar no assassinato de Vinícius Reis da Silva, 30 anos, em São João de Meriti, na Baixada Fluminense. O crime aconteceu no dia 10 de junho no bairro Coelho da Rocha e a vítima foi morta após quebrar o braço da ex-mulher durante uma briga doméstica.

Segundo o delegado Jefferson Ferreira, Daniel Martins da Silva, 26 anos, Aurislan da Silva Costa, 25, e Renan da Silva Patrocínio, 24, atacaram e mataram Vinicius a socos, chutes, pauladas e tijoladas quando souberam da agressão.

No dia 16 de junho, os agentes da DHBF já haviam prendido Laércio Pereira de Souza, 25 anos, por participação no crime. Os suspeitos foram indiciados por homicídio qualificado e, se condenados, podem pegar até 20 anos de prisão.

Galeria de Fotos

Daniel Martins da Silva, conhecido como Dedão Divulgação
Laércio Pereira de Souza, 25 anos Divulgação
Renan da Silva Patrocínio, 24 anos Divulgação
Aurislan da Silva Costa, 25 anos Divulgação

Últimas de Rio de Janeiro