Guardas municipais fazem protesto no Centro

Manifestação causa reflexos no trânsito. Há congestionamento ao longo da Avenida Francisco Bicalho e na Avenida Brasil, no Caju

Por NADEDJA CALADO

Grupo reivindica convocação de aprovados em concurso em 2012 que até hoje não foram chamados -

Rio - Cerca de 200 guardas municipais e concursados ainda não con O Dia vocados realizam um protesto na manhã desta sexta-feira. Após concentração em na porta da sede da instituição, em São Cristóvão, na Zona Norte, eles seguiram para o Centro da cidade, fazendo reinvindicações da categoria.

Um dos organizadores do evento, Felipe Bastos, que prestou o concurso da GM em 2012 e não foi nomeado, explicou as motivações da manifestação: “A convocação está se arrastando há muito tempo. O concurso era para 2 mil vagas imediatas, mas só 300 homens foram convocados, isso no fim da gestão Paes. Já fizemos testes físicos e psicológicos, só falta o curso de formação”.

Ele contou ainda que alguns dos 1700 concursados ainda não convocados pediram demissão de seus empregos na época após serem aprovados nos testes. “Nós temos um grupo em que precisamos nos ajudar. Tem alguns passando necessidades, muitos desempregados há muito tempo, e a gente vive nessa angústia”, lamentou. Segundo ele concurso foi realizado em 2012, mas homologado em 2016, e este ano foi prorrogado por mais dois anos.

Já os guardas municipais na ativa reivindicam a implementação de um novo plano de carreira, e mais investimentos em equipamento e capacitação dos agentes da Guarda.

O Centro de Operações da Prefeitura informou às 11h35, que os manifestantes estavam na altura do Trevo das Forças Armadas e seguiriam para a pista lateral da Avenida Presidente Vargas, no sentido Candelária, na altura da Cidade Nova. A pista foi temporariamente interditada. Há congestionamento ao longo da Avenida Francisco Bicalho e na Avenida Brasil, no Caju.

"Desde o início da gestão, em 2017, a Inspetora Geral sempre manteve o gabinete de portas abertas para receber e ouvir os pleitos dos guardas. O serviço operacional nesta sexta-feira segue normal na cidade", disse a Guarda Municipal em nota. 

 

Galeria de Fotos

Grupo reivindica convocação de aprovados em concurso em 2012 que até hoje não foram chamados Armando Paiva / Agência O Dia
Grupo reivindica convocação de aprovados em concurso em 2012 que até hoje não foram chamados Armando Paiva / Agência O Dia
Grupo reivindica convocação de aprovados em concurso em 2012 que até hoje não foram chamados Armando Paiva / Agência O Dia

Últimas de Rio de Janeiro