Comunidade Soares Souza, de onde teria partido o disparo que atingiu a idosa - Márcio Mercante / Agência O Dia
Comunidade Soares Souza, de onde teria partido o disparo que atingiu a idosaMárcio Mercante / Agência O Dia
Por O Dia

Rio - A mulher atingida por uma bala perdida no rosto quando estava dentro de um hospital em Niterói, na Região Metropolitana, está com o globo ocular íntegro, de acordo com o filho da vítima que não quis se identificar. Segundo ele, a mãe passou por um exame de ultrassom nesta manhã, que identificou alguns descolamentos nas laterais que não afetam a visão. "Este globo ocular está com muito sangue internamente, o que faz com que ela não consiga enxergar neste momento", explica.

A idosa foi atingida por um disparo enquanto estava internada no Hospital Santa Martha, no bairro Santa Rosa, na madrugada deste sábado. De acordo com a assessoria da instituição, a mulher de 61 anos estava dormindo em uma área de apartamentos do hospital quando foi atingida pelo disparo, por volta das 3h.

De acordo com o filho da vítima, ela terá que realizar uma tomografia específica da órbita para avaliar se os nervos óticos estão íntegros. "Somente depois deste exame que a equipe médica conseguirá nos dar uma posição sobre a restauração da visão neste olho", diz. "Uma coisa boa é que o aparelho auditivo não foi afetado", completa. 

Questionado se a família irá tomar alguma medida legal, o filho da idosa pondera. "O hospital está nos ajudando bastante", afirma. Já sobre o  Estado, ele diz: "Vai depender da atitude do estado em relação a este assunto."

 

 

Você pode gostar