Com honras militares, foi enterrado ontem o soldado Marcus Vinicius - Marcio Mercante / Agencia O Dia
Com honras militares, foi enterrado ontem o soldado Marcus ViniciusMarcio Mercante / Agencia O Dia
Por GUSTAVO RIBEIRO

Quatro homens presos e um menor apreendido na mesma casa durante megaoperação das Forças de Segurança no Complexo do Alemão, na última segunda-feira, foram soltos na tarde de ontem. Segundo a Defensoria Pública, eles foram acusados de associação ao tráfico e corrupção de menores porque trocaram mensagens para avisar a pessoas próximas sobre o início da operação. O desembargador que determinou a soltura considerou as prisões ilegais.

Márcio Santos Soares, 22 anos, Marcus Vinícius Santos Soares, 19, Israel da Silva Costa, 21, Douglas Márcio do Nascimento, 24, e um menor, de 16, foram detidos nas primeiras horas da operação do Exército e das polícias Civil e Militar na última segunda-feira. Quatro são da mesma família e Israel é um vizinho que estava na casa dos amigos.

"Os policiais ingressaram na residência dos jovens sem autorização judicial, ocasião em que, mesmo após minuciosa revista, não encontraram absolutamente nada de ilícito em poder deles", afirmou a defensora Bruna Dutra.

Eles foram presos em flagrante. Em audiência de custódia na quarta-feira, a prisão foi mantida. Os policiais relataram que avistaram algumas pessoas armadas na casa, que fugiram para a mata. Um dos agentes afirmou que os jovens arremessaram os celulares pela janela, versão negada por outro policial. A revista de celulares foi a principal queixa de moradores.

O desembargador de plantão, Paulo Baldez, destacou na liminar "consistentes indícios acerca da ilicitude da atuação policial, em especial no que se refere ao acesso aos dados telefônicos apreendidos, único elemento a lastrear a prisão em flagrante".

Eles foram recebidos com choro por parentes na porta da Cadeia Pública José Frederico Marques, em Benfica, e da unidade do Degase na Ilha do Governador. A Polícia Civil afirmou que sua Corregedoria Interna recebe denúncias pelo telefone 2332-9733. Outra opção é o Disque Denúncia (2253-1177). Setenta pessoas foram presas nos complexos do Alemão, Penha e Maré, na segunda. A polícia apreendeu 980 quilos de drogas, entre quarta e ontem, na Penha e no Alemão.

TERCEIRO MILITAR ENTERRADO

O soldado Marcus Vinicius Viana, 22 anos, foi enterrado ontem no cemitério de Ricardo de Albuquerque. Ele morreu na quarta-feira, dois dias após ser atingido por um tiro na perna, no Alemão. Foi a terceira baixa no Exército nesta semana. Na tropa desde os 19 anos, o jovem fazia planos para se casar. Na última conversa pelo WhatsApp, a namorada pediu cuidado e ele a chamou de "minha futura esposa".

 

Você pode gostar
Comentários