Rogério de Andrade é patrono da Mocidade Independente de Padre Miguel - BANCO DE IMAGENS
Rogério de Andrade é patrono da Mocidade Independente de Padre MiguelBANCO DE IMAGENS
Por ADRIANA CRUZ e FRANCISCO EDSON ALVES

Rio - O contraventor Rogério de Andrade, patrono da Mocidade Independente de Padre Miguel, deixou a Cadeia Pública Pedrolino Werling de Oliveira, mais conhecida como Bangu 8, no Complexo de Gericinó, Zona Oeste do Rio. Ele foi preso em junho por ordem do juízo da 4ª Vara Federal Criminal do Rio e conseguiu a liberdade condicional concedida pela Vara de Execuções Penais (VEP) do Tribunal de Justiça do Rio. 

Segundo informações da Justiça Federal, Rogério foi intimado a depor em um processo no local e, quando entrou no prédio, foi preso. O contraventor foi condenado a 10 anos de prisão, por corrupção ativa, em 2009.

A decisão foi assinada pelo juiz federal Gabriel Borges Knapp, que determinou a expedição de mandados de prisão para Rogério e outros quatro réus. O processo é referente à Operação Gladiador, de dezembro de 2006, que investigou o pagamento de propina a policiais por chefes das máfias de caça-níquel.

 

 

Você pode gostar