Moedas comemorativas quase esgotadas

a

Por

Medalha comemorativa dos 200 anos do Museu Nacional -

Confeccionada para celebrar os 200 anos do Museu Nacional, as medalhas comemorativas lançadas pela Casa da Moeda em 6 de junho estão quase esgotando. As peças na versão prata dourada, ao custo de R$ 850, já não existem mais para venda. Já as de prata, ao valor de R$ 530, restam 13 para serem comercializadas no site. E as moedas cunhadas em bronze, anunciadas ao preço de R$ 135, estão com apenas 43 exemplares.

Foram cunhadas 550 unidades, com 50 milímetros de diâmetro, sendo 50 peças na versão prata dourada, 100 em prata e 400 em bronze. As medalhas estão disponíveis para compra no site da Casa da Moeda (www.casadamoeda.gov.br) e no Centro Cultural da Casa da Moeda, no Centro do Rio. Havia um ponto na loja física do museu.

A arte das peças comemorativas é de autoria de Dalila Santos, professora da Escola de Belas Artes da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). "Para o anverso, me inspirei no bosque que cerca o museu, um conjunto de caminhos que se apresentam como galhos de uma árvore bem frondosa. No reverso, priorizei as coleções do museu, destacando peças extremamente significativas como o Maxakalisaurus topai, as múmias, a preguiça-gigante e Luzia", disse.

No anverso, a medalha tem a vista do prédio do Museu Nacional, capturada a partir de um drone, rodeado por uma área arborizada. Nas laterais esquerda e direita há um recorte com molduras observadas nas pinturas de teto do Salão do Segundo Reinado. Na parte superior, pode ser visualizada a inscrição Museu Nacional ladeada pelas eras 1818-2018. Na orla inferior, está a inscrição com o nome da instituição da UFRJ, da qual o museu faz parte.

No reverso da moeda, a representação dos veios de uma árvore e peças significativas das coleções que integram o acervo. Ao centro, está a logo comemorativa dos 200 anos da instituição.

 

Comentários

Últimas de Rio de Janeiro