Policial mata assaltante na Barra

Criminoso chegou a roubar armas de dois agentes que estavam na praia, mas foi baleado

Por

Um policial civil reagiu a um assalto na Barra da Tijuca e matou o homem que anunciou o roubo após ele apreender uma de suas armas. O caso ocorreu na manhã de ontem, em um quiosque, na Avenida Lúcio Costa, na altura do posto 6.

Dois policiais lotados na Delegacia de Homicídios estavam tomando o café da manhã, quando foram abordados pelo assaltante, que empunhava uma pistola 9 milímetros. "Ele pediu as armas ao ver o distintivo de um dos agentes. Um entregou a pistola. O outro, tinha duas armas na cintura. Enquanto ele entregava uma das armas, foi ágil e pegou a outra, atirando", contou um policial da DH, que não quis se identificar.

O homem apontado como assaltante foi identificado como Vinicius de Jesus Oliveira, de 27 anos. Ele foi baleado com três tiros no peito e com mais outros cinco ao correr. Morreu no calçadão. "Mesmo baleado, ele apontou a arma que segurava para os agentes. Por isso, o policial continuou atirando. Os agentes só não foram baleados porque o criminoso estava fragilizado e não conseguiu puxar o gatilho", explicou o colega dos agentes que sofreram o crime.

"Os policiais estavam tomando café. Houve uma troca de tiros e foi muito assustador. Muito tiro, só deu tempo de eu me jogar no chão e me proteger. Fiquei com as pernas bambas. Aqui está muito perigoso", disse uma testemunha, que preferiu não se identificar.

O caso será investigado pela própria Delegacia de Homicídios e será entregue ao Ministério Público.

 

Comentários

Últimas de Rio de Janeiro