Comlurb fará limpeza das vias após implosão de condomínio em Campo Grande - Divulgação
Comlurb fará limpeza das vias após implosão de condomínio em Campo GrandeDivulgação
Por O Dia

Rio - O prefeito do Rio, Marcelo Crivella, vai acompanhar, às 7h deste domingo, a implosão dos cinco prédios do Complexo Jambalaia, em Campo Grande, Zona Oeste do Rio. Cerca de 280 famílias, que viviam no local em situação de risco, foram removidas pela Prefeitura e vão receber aluguel social. No local, será construído um condomínio do programa Minha Casa Minha Vida, onde os antigos moradores serão realocados.

Os cinco prédios, que viviam em uma área de 70 mil metros quadrados, foram condenados pela Defesa Civil. As unidades apresentavam problemas estruturais, risco de incêndio e desabamento.

A ação vai contar com o apoio da Guarda Municipal, CET-Rio, Secretaria municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (SMASDH), Comlurb, Defesa Civil e Secretaria municipal de Infraestrutura e Habitação, além da Polícia Militar, da Companhia Estadual de Gás (CEG) e do Corpo de Bombeiros.

Esquema especial da Comlurb

Após a implosão e a liberação da área pelos técnicos da Defesa Civil, às 7h15, a Comlurb realizará um esquema especial de limpeza, com 40 garis e 12 fiscais e agentes de limpeza urbana. Os garis vão atuar com o apoio de 15 sopradores, uma varredeira de grande porte, uma pá mecânica, dois caminhões, sendo um compactador e um basculante, e três carros-pipa, que serão utilizados para a lavagem hidráulica das vias com água de reuso.

Procedimentos de segurança

A Defesa Civil orienta que as pessoas que residem próximo ao local da implosão (até 150m) devem desocupar suas casas até uma hora antes da ação, ou seja, às 6h. O retorno só será autorizado após vistoria e liberação da área.

Interdições na região

A Guarda Municipal do Rio montou uma operação especial para apoiar a implosão; com interdição das principais vias do entorno do condomínio, como a Estrada do Campinho e a Avenida Manoel Caldeira de Alvarenga. Além de montar barreiras para impedir o acesso à àrea impactada pela operação.

Já a CET-Rio realizará bloqueios a partir das 6h. Confira:

- Interdição da Estrada do Campinho, pista sentido Bangu, na altura do número 2.531. Os usuários deverão realizar o retorno e acessar a Estrada Carvalho Ramos e a Estrada do Tingui seguindo até a Estrada do Mendanha;

- Interdição da Estrada do Campinho, pista sentido Santa Cruz, na altura da Rua Heitor Mota Ferreira. Os usuários deverão seguir pela Rua Heitor Mota Ferreira, Rua Daniel Dinis da Fonseca, Estrada Santa Maria, retornando para a Estrada do Campinho;

- interdição do acesso da Estrada Santa Maria para a pista sentido Bangu da Estrada do Campinho. Os usuários deverão entrar obrigatoriamente à direita na pista sentido Santa Cruz da Estrada do Campinho, acessar a Estrada Carvalho Ramos e a Estrada do Tingui seguindo até a Estrada do Mendanha.

 

Você pode gostar