Homem suspeito de estuprar e matar mulher em Nova Iguaçu é preso em flagrante

Vítima teria sido morta com golpes na cabeça, na segunda-feira

Por O Dia

Crime aconteceu na segunda-feira
Crime aconteceu na segunda-feira -

Rio - Policiais da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) prenderam em flagrante Jorge Daoud Neto, conhecido como Argentino. Ele é suspeito de ter estuprado e assassinado Juliana da Silva Felippe, no bairro de Austin, em Nova Iguaçu, na segunda-feira, dia em que foi preso. A vítima teria sido morta com golpes na cabeça.

De acordo com a Polícia Civil, a DHBF foi acionada logo depois do crime e através de testemunhas e câmeras de segurança na região conseguiu chegar ao nome do suspeito. Os agentes foram, então, até a casa dele, onde encontraram uma camisa que teria sido usada no momento do crime.

A blusa estava alargada e rasgada nas bordas, o que seria indício de que a vítima teria reagido. Além disso, peritos encontraram vestígios de sangue na roupa.

Preso, Jorge Neto vai responder pelos crimes de homicídio qualificado e estupro.

Últimas de Rio de Janeiro