Mais Lidas

Campanha de conscientização para o descarte correto de medicamentos será criada no Rio

Objetivo da ação é conscientizar a população sobre os riscos à saúde e ao meio ambiente de um descarte incorreto de remédios

Por O Dia

Rio - A Campanha Estadual de Conscientização para o Descarte Correto de Medicamentos Vencidos e/ou Fora de Uso será criada no Estado do Rio. É o que determina a Lei 8135/18, sancionada pelo governador Luiz Fernando Pezão e publicada no Diário Oficial do Executivo, nesta sexta-feira. O objetivo da campanha é conscientizar a população sobre os riscos à saúde e ao meio ambiente de um descarte incorreto de remédios.

Segundo a proposta, de autoria do deputado Átila Nunes (MDB), os estabelecimentos que comercializam ou distribuem medicamentos serão obrigados a afixar, em locais visíveis e de fácil acesso, cartazes com informações da campanha.

No entanto, o Governo do Estado vetou parte do projeto. O parágrafo único - retirado do texto - determinava que o Executivo distribuísse folhetos, afixasse cartazes e peças publicitárias na mídia em geral, além da realizar palestras e atividades de prevenção e atendimento à população. O Governo do Rio também deveria firmar convênios com as prefeituras e associações sem fins lucrativos para a implantação de medidas da campanha.

O governo alegou que o Legislativo agiu de maneira indevida. "Foi criada uma série de atribuições para o Poder Executivo, que acaba por interferir demasiadamente no funcionamento interno da administração, abordando matéria tipicamente administrativa, inserida, portanto, na estrita competência do Governador", justificou Pezão. 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia