Mais Lidas

Três homens são presos e outras seis pessoas são indiciadas por pedofilia

Cerca de 150 mil arquivos de pornografia infantil armazenados em computadores e celulares foram apreendidos

Por O Dia

Rio - Três homens foram presos, nesta sexta-feira, em uma operação de combate à pedofilia. Segundo a Polícia Civil, os suspeitos foram localizados após baixarem imagens de crianças e adolescentes nuas na internet. Ainda de acordo com a polícia, os homens trabalhavam como enfermeiro, servidor público e porteiro de um condomínio na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio. 

As investigações duraram seis meses. Além dos três suspeitos presos, outras seis pessoas foram indiciadas. Cerca de 150 mil arquivos de pornografia infantil armazenados em computadores e celulares foram apreendidos pela polícia. O material será encaminhado para a perícia e, se condenados, os suspeitos podem pegar até 10 anos de prisão.

"O crime de pedofilia, em sua maioria, é cometido por pessoas que no convívio social parecem estar acima de qualquer suspeita, parece pessoas normais. É um crime sem rosto, por isso a atenção tem que ser redobrada", disse o delegado Antônio Sartori, em entrevista ao RJTV 2ª edição

 

 

 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia