Fim da cobrança de R$ 3 dos Correios

Redução de roubo de cargas acaba com taxa paga pelo usuário

Por Bruna Fantti

A taxa extra de R$ 3 que era cobrada desde abril pelos Correios para entregas no Rio será suspensa a partir de 16 de novembro. O anúncio foi feito ontem por Carlos Roberto Fortner, presidente da ECT, em coletiva no Centro Integrado de Comando e Controle, ao lado do secretário de Segurança do Rio, general Richard Nunes.

A suspensão da taxa ocorre devido à redução dos roubos de carga, um dos principais índices criminais combatidos pela Intervenção Federal no Rio, que teve início em fevereiro. Assaltos a veículos dos Correios tiveram redução de 70%. As ocorrências com carteiros a pé diminuíram 92%.

"De fato, temos observado que os índices têm caído sistematicamente, a ponto de termos hoje números equivalentes aos de 2012. Por isso, eu gostaria de anunciar a retirada da cobrança", disse Carlos Roberto Fortner.

O general Richard Nunes informou que os roubos de carga devem fechar o mês de outubro abaixo das 600 ocorrências, façanha alcançada em 2014. Em outubro de 2017 foram 901 registros.

Comentários

Últimas de Rio de Janeiro