Evento 'Anjos do Picadeiro' transformará cidades do Rio em circo a céu aberto

Evento Internacional de Palhaços acontecerá entre os dias 1 e 10 de dezembro no Rio, Duque de Caxias, Niterói, Nova Iguaçu, Sana, Lumiar, Barra de São João e Paraty

Por FRANCISCO EDSON ALVES

João Carlos Artigos , o Palhaço Seu Flor:
João Carlos Artigos , o Palhaço Seu Flor: "Hora dos artistas de circo e de rua se unirem" -

Rio -  Ruas e praças da capital e de algumas cidades do interior do Estado do Rio vão se transformar em um verdadeiro circo a céu aberto, entre os dias 1º e 10 de dezembro. Nesse período, o Teatro de Anônimo realizará a 14ª edição do ‘Anjos do Picadeiro - Encontro Internacional de Palhaços’. O evento, o maior do gênero da América Latina, vai reunir pelo menos 300 palhaços, de dez estados brasileiros e de outros 11 países. Haverá apresentações gratuitas em vias públicas, mas também espetáculos e oficinas em teatros, pagos. Para se inscrever e conhecer a programação completa, horários e locais das atividades, acesse www.anjosdopicadeiro.com.br.

O lema do encontro será ‘Nós se junta ou nós se extingue’. “É um chamado a todos que, com práticas individuais ou coletivas, formam uma grande rede de alegria e festa, entre eles, grafiteiros, músicos, cineastas, artesãos, artistas plásticos, entre outros”, diz João Carlos Artigos, o Palhaço Seu Flor, fundador do Teatro de Anônimo. O encontro começa dia 1º, no Teatro Serrador, no Centro do Rio, às 20h, com a Gala dos Palhaços Sem Fronteiras. Às 22h, haverá o Show do Cordão do Boitatá ‘ReExistindo em Roda’, com convidados, na Fundição Progresso.

A ampla programação de comicidade envolverá peças teatrais, movimentos de ruas, mostra de cinema, exposição de fotos, feira, seminário, oficinas e shows musicais. Os eventos ocorrerão no Rio, Duque de Caxias, Niterói, Nova Iguaçu, Sana, Lumiar, Barra de São João e Paraty.

Além dos brasileiros, marcarão presença palhaços da Argentina, Colômbia, Chile, Espanha, Uruguai, Austrália, França, Itália, Holanda e Suécia. Um dos pontos altos será o encerramento, no dia 10, com a tradicional Palhaceata, saindo às 11h da Cinelândia. No trajeto até a Praça XV, os palhaços distribuirão flores, sorrisos e abraços. A caminhada, com o tema ‘O Direito inalienável de ser feliz’, marcará o Dia do Palhaço e lembrará a Declaração Universal dos Direitos Humanos .

Banco da Cultura e nomes famosos

João Carlos destaca que durante os eventos será lançado o Banco da Cultura, com a criação de um fundo de incentivo para pequenos projetos coletivos. "As previsões não são animadoras para artistas de circo e da rua", justifica.

Além de palhaços nacionais, como Seu Flor, também estarão por aqui profissionais do Cirque du Soleil; Grupo La Mínima; Cia Las Bellotas (Espanha); e nomes famosos como Pepe Nuñez, também espanhol; Lily Curcio e Victor Avalos, o Tomate (Argentina).

Segundo dados da Associação Brasileira do Circo (Abracirco), a quantidade de pequenos e médios circos não passa de 2 mil hoje no país. Eles são responsáveis por pelo menos de 35 mil empregos diretos sob suas lonas.

Galeria de Fotos

João Carlos Artigos , o Palhaço Seu Flor: "Hora dos artistas de circo e de rua se unirem" Georgia Branco
Palhaço Piriri: festa da criançada Divulgação

Comentários

Últimas de Rio de Janeiro