TRT manda Crivella pagar à área de Saúde

Desembargadora determinou o sequestro de R$ 200 milhões das contas da prefeitura para quitação de salários e benefícios atrasados

Por

Rio - Como a prefeitura nunca conseguia encontrar solução para honrar os compromissos financeiros com os profissionais de Saúde do município do Rio, a Justiça do Trabalho tomou as rédeas da situação e resolveu o problema.

A desembargadora federal Rosana Salim Villela Travesedo, do Tribunal Regional do Trabalho (TRT-RJ), determinou, nesta terça-feira, o sequestro de R$ 200 milhões das contas da prefeitura para quitação de salários e benefícios atrasados.

Representantes da Procuradoria Geral e da Secretaria de Saúde admitiram, durante audiência, que a administração municipal não tinha dinheiro para cumprir com suas obrigações financeiras, mas o argumento não sensibilizou a magistrada. Ela determinou o imediato sequestro e desbloqueio de verbas vinculadas para o pagamento de salários, 13º e demais benefícios aos funcionários das Organizações Sociais.

Comentários

Últimas de Rio de Janeiro