'Foi um milagre ter escapado', diz irmã de empresário que teve carro fuzilado na Tijuca

A mulher, que não quis se identificar, afirmou que ele tinha acabado de ver o filho de três meses na casa ex-sogro: "Quando cheguei, ele estava lúcido, mas bastante agitado. Vi a camisa ensanguentada e contei pelo menos cinco buracos de bala", contou

Por Antonio Puga

Carro de empresário baleado foi fuzilado por bandidos na Tijuca. Ele ainda conseguiu dirigir por cerca de dois quilômetros até a Cidade Nova, onde foi socorrido
Carro de empresário baleado foi fuzilado por bandidos na Tijuca. Ele ainda conseguiu dirigir por cerca de dois quilômetros até a Cidade Nova, onde foi socorrido -

Rio - A irmã do empresário de Tecnologia da Informação (TI) David Esteves Barbosa, de 27 anos, relatou o momento em que esteve com irmão no Hospital Municipal Souza Aguiar, no Centro, para onde ele foi levado após criminosos fuzilarem com pelo menos 30 tiros o seu carro na Tijuca, na Zona Norte, na noite desta terça-feira. Segundo ela, que não quis se identificar, marcas na camisa de David indicam que ele foi atingido por pelo menos cinco disparos. O crime acabou em confronto com a PM e um criminoso morto.

"Quando cheguei no Hospital Souza Aguiar ele estava lúcido, mas bastante agitado. No hospital vi a camisa toda ensanguentada e contei pelo menos cinco buracos de bala. Foi um milagre ele ter escapado", disse a irmã, que é funcionária pública.

A mulher afirmou que ele tinha acabado de ver o filho de três meses na casa ex-sogro. Quando estava dentro do seu Honda Civic branco próximo do cruzamento das ruas Gonçalves Crespo com Campos Sales, foi cercado pelos três carros com cerca de oito criminosos fortemente armados. Uma câmera de segurança da região gravou a ação dos bandidos 

"David ficou assustado porque ouviu tiros e tentou escapar, os bandidos metralharam o carro dele. Mesmo ferido, meu irmão conseguiu dirigir até a Cidade Nova onde encontrou policiais militares que estavam em frente a Prefeitura", contou. O empresário tinha uma arma de airsoft no veículo, modalidade esportiva praticada por ele, mas não se sabe se os bandidos a viram. 

Ainda bastante abalada, a irmã do empresário explicou que David seria transferido assim que possível para um hospital particular, onde passará por novos exames. "Parece que tem uma bala alojada na têmpora, será preciso passar por cirurgia, mas isso só os médicos poderão dizer quando será feita", falou. Segundo ela, a família já foi vítima da violência o Rio.

"Quando David estiver recuperado vamos conversar com ele para que saia do Rio. Não é possível conviver mais com essa violência, já tivemos um caso na família de um assalto com muita violência. Sempre falei com meu irmão para nunca reagir ou tentar fugir em um caso desses", comentou. 

Galeria de Fotos

A irmã do empresário David Esteves Barbosa relatou o momento em que esteve com ele no hospital para onde ele foi levado após criminosos fuzilarem seu carro na Tijuca Estefan Radovicz / Agência O Dia
Carro de empresário baleado foi fuzilado por bandidos na Tijuca. Ele ainda conseguiu dirigir por cerca de dois quilômetros até a Cidade Nova, onde foi socorrido Estefan Radovicz/Agência O Dia
Carro de empresário baleado foi fuzilado por bandidos na Tijuca. Ele ainda conseguiu dirigir por cerca de dois quilômetros até a Cidade Nova, onde foi socorrido Estefan Radovicz/Agência O Dia
Carro de empresário baleado foi fuzilado por bandidos na Tijuca. Ele ainda conseguiu dirigir por cerca de dois quilômetros até a Cidade Nova, onde foi socorrido Estefan Radovicz / Agência O Dia
Carro de empresário baleado foi fuzilado por bandidos na Tijuca. Ele ainda conseguiu dirigir por cerca de dois quilômetros até a Cidade Nova, onde foi socorrido Estefan Radovicz / Agência O Dia
Carro de empresário baleado foi fuzilado por bandidos na Tijuca. Ele ainda conseguiu dirigir por cerca de dois quilômetros até a Cidade Nova, onde foi socorrido Estefan Radovicz / Agência O Dia
Carro de empresário baleado foi fuzilado por bandidos na Tijuca. Ele ainda conseguiu dirigir até a Cidade Nova, onde foi socorrido. Veículo metralhado atraiu curiosos Estefan Radovicz / Agência O Dia
Carro de empresário baleado foi fuzilado por bandidos na Tijuca. Ele ainda conseguiu dirigir por cerca de dois quilômetros até a Cidade Nova, onde foi socorrido Estefan Radovicz / Agência O Dia

De acordo com a Polícia Militar, homens da UPP Andaraí foram alertados por pedestres sobre a ação dos bandidos. Ao chegarem no local, houve confronto, e um assaltante foi baleado. Daniel Hansmiller Alves da Silva, de 29 anos, chegou a ser socorrido ao Hospital Municipal Souza Aguiar, no Centro, mas acabou morrendo. Os demais criminosos fugiram do local. O bandido teria sido atingido pelos seus próprios comparsas. 

As marcas do tiroteio estão na banca de jornais e nos estabelecimentos comerciais daquela localidade da Tijuca. A Delegacia de Homicídios (DH-Capital) vai assumir as investigações e tenta investigar os autores do crime. O veículo do empresário estava até por volta e 8h30 na Cidade Nova. A cena do carro metralhado em uma das faixas da pista lateral da Avenida Presidente Vargas atraiu a atenção de curiosos, que tiravam fotos do automóvel. 

Últimas de Rio de Janeiro