Funcionário da Enel é morto durante serviço em Resende

Homem realizava um serviço de manutenção da rede, junto a uma equipe, quando foi baleado na cabeça

Por O Dia

Funcionário da Enel morreu ao ser baleado na cabeça durante serviço em Resende, Sul do Estado do Rio
Funcionário da Enel morreu ao ser baleado na cabeça durante serviço em Resende, Sul do Estado do Rio -

Ri0 - Um funcionário da concessionária de luz e energia Enel foi assassinado na manhã desta quarta-feira enquanto exercia seu trabalho em Resende, no Sul Fluminense. Manoel Batista Leite Neto estava com uma equipe realizando um trabalho de manutenção programada, no bairro Fazenda da Barra I, no município, quando foi baleado na cabeça. Apenas ele foi atingido.

Uma versão que circulou na internet dava conta de que ele teria sido morto por um morador, a quem o funcionário estaria cortando a luz. A Enel desmentiu esta informação. A equipe estava fazendo um trabalho de manutenção programada, procedimento rotineiro, no qual a vizinhança é comunicada com antecedência. 

A Polícia Militar informou que o 37ºBPM (Resende) foi acionado e encontrou a vítima ferida por disparo de arma de fogo já em óbito. A perícia está no local e a ocorrência está a cargo da 89ª DP. Segundo a unidade, a vítima já foi presa duas vezes em flagrante por tráfico de drogas. Informações iniciais apontam que o motivo provável do crime seria o envolvimento com o tráfico de drogas. Agentes fazem buscas pelos autores do crime.

A Enel Distribuição Rio disse que acompanha o caso junto à empresa parceira e que está prestando a assistência necessária aos familiares da vítima. "A Enel lamenta a morte de um funcionário de uma empresa parceira da companhia, que foi baleado nesta quarta-feira (12), em Resende, enquanto realizava uma atividade de manutenção da rede elétrica", disse em nota.

Ainda não há informações sobre a data e local de enterro de Manoel.

Últimas de Rio de Janeiro