MP pede o ressarcimento de mais de R$ 394 milhões desviados nas obras do metrô

Segundo a pasta, contratos de obras foram superfaturados

Por O Dia

MP-RJ pede o ressarcimento de mais de R$ 394 milhões desviados nas obras do metrô
MP-RJ pede o ressarcimento de mais de R$ 394 milhões desviados nas obras do metrô -

Rio - O Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) ajuizou ação civil pública por ato de improbidade administrativa contra o ex-governador Sérgio Cabral, dirigentes da Riotrilhos e a CBPO Engenharia, sociedade controlada pelo grupo Odebrecht. Segundo a pasta, as empresas responsáveis pela execução das obras de integração da Linha 4 com a Linha 1 do metrô são acusadas de superfaturamento e sobrepreço, com dano de mais de R$ 394 milhões.  

A ação solicita a indisponibilidade dos bens dos réus em caráter liminar. Além disso, o MP quer que os mesmos sejam condenados por sanções à Lei de Improbidade Administrativa, com a perda da função pública, suspensão dos direitos políticos de cinco a oito anos, ressarcimento integral do dano e pagamento de danos morais coletivos no valor de R$39.446.000,90. 

 

Últimas de Rio de Janeiro