Alimentos para a escola e a família na merenda do município

Com o Hortas Escolares, 47 mil alunos, seus responsáveis e professores colheram frutos de uma iniciativa que enriqueceu pratos de 146 escolas

Por O Dia

Foram colhidos alface, cebolinha, cheiro verde e berinjela
Foram colhidos alface, cebolinha, cheiro verde e berinjela -

Rio - O cardápio da merenda escolar do município do Rio inclui alimentos produzidos eles mesmo ao longo de 2018. Com o Hortas Escolares, 47 mil alunos, seus responsáveis e professores colheram frutos de uma iniciativa que enriqueceu pratos de 146 escolas. A ação foi lançada em 2017 pela Gerência de Projetos e Extensão Curricular, da Secretaria Municipal de Educação, com o objetivo de reunir iniciativas de hortas já existentes na Rede Municipal de Ensino e ajudar a semear novos canteiros em escolas de toda a cidade. Para 2019 a previsão é de ampliação do Hortas Escolares. A SME planeja investir na formação de alunos e professores para que a iniciativa cresça. Uma das ações será a formação de professores em jardinagem e oferta de mudas de plantas ornamentais.

Na Escola Municipal Emma D'Ávilla, em Guaratiba, Valdete Alves de Oliveira, encarregada da horta, se orgulha. Os 400 pés de alface, 200 de salsa, cebolinha e cheiro verde e os 8 kg de berinjela foram aproveitados na merenda dos 439 estudantes. Parte é distribuída para as famílias dos alunos.

Comentários

Últimas de Rio de Janeiro