Retrospectiva: crise fiscal marcou ano difícil

Serviços públicos essenciais, como o atendimento de Saúde não funcionaram bem

Por O Dia

HISTÓRIA QUEIMADA
Boa parte do acervo do Museu Nacional, um dos mais importantes do mundo, se perdeu no incêndio de 2 de setembro. Depois de muitas lágrimas, a equipe arregaçou as mangas e conseguiu salvar várias peças, inclusive o crânio de Luzia, o ser humano mais antigo da América do Sul.
HISTÓRIA QUEIMADA Boa parte do acervo do Museu Nacional, um dos mais importantes do mundo, se perdeu no incêndio de 2 de setembro. Depois de muitas lágrimas, a equipe arregaçou as mangas e conseguiu salvar várias peças, inclusive o crânio de Luzia, o ser humano mais antigo da América do Sul. -

Rio - A crise fiscal do estado fez de 2018 um ano muito difícil. Serviços públicos essenciais, como o atendimento de Saúde não funcionaram bem. Ainda por cima, sofremos com o incêndio do Museu Nacional e o deslizamento do Morro Boa Esperança, em Niterói.

Ano marcou o avanço das mulheres em novos espaços nas rodas de samba, antes reduto dominado por homens - Alexandre Brum / Agência O Dia

Por falta de residências, muitas famílias ocupam prédios antigos no Centro do Rio, em condições precárias - Alexandre Brum / Agência O Dia

Infelizmente, ladrões sempre se superam no Rio. Em agosto, levaram grades do Campo de Santana, no Centro - Estefan Radovicz / Agência O Dia

O calote rolou solto no BRT. Mesmo com anunciada fiscalização da Guarda Municipal, os espertinhos continuaram agindo, como nessa foto de outubro - Severino Silva / Agência O Dia

Deslizamento do Morro Boa Esperança, na madrugada de 10 de novembro, arrastou casas e matou 15 pessoas. Onze moradores ficaram feridos - Jose Lucena/Futura Press/Estadão Conteúdo

Galeria de Fotos

HISTÓRIA QUEIMADA Boa parte do acervo do Museu Nacional, um dos mais importantes do mundo, se perdeu no incêndio de 2 de setembro. Depois de muitas lágrimas, a equipe arregaçou as mangas e conseguiu salvar várias peças, inclusive o crânio de Luzia, o ser humano mais antigo da América do Sul. Alexandre Brum / Agência O Dia
SEM TER ONDE MORAR Por falta de residências, muitas famílias ocupam prédios antigos no Centro do Rio, em condições precária. Alexandre Brum / Agencia O Dia
VIAGEM GRÁTIS O calote rolou solto no BRT. Mesmo com anunciada fiscalização da Guarda Municipal, os espertinhos continuaram agindo, como nessa foto de outubro. Severino Silva / Agência O Dia
TRAGÉDIA EM NITERÓI Deslizamento do Morro Boa Esperança, na madrugada de 10 de novembro, arrastou casas e matou 15 pessoas. Onze moradores ficaram feridos. Jose Lucena/Futura Press/Estadão Conteúdo
GRAVE CRISE NA SAÚDE A imagem da paciente idosa que sofre no corredor do Hospital de Bonsucesso ilustra a dor de várias pessoas que passaram dificuldades em unidades federais, estaduais e municipais. WhatsApp
ROUBAM DE TUDO Infelizmente, ladrões sempre se superam no Rio. Em agosto, levaram grades do Campo de Santana, no Centro. Estefan Radovicz / Agência O Dia
ELAS NO SAMBA Ano marcou o avanço das mulheres em novos espaços nas rodas de samba, antes reduto dominado por homens. Alexandre Brum / AgÊncia O Dia
CHUVA? QUE CHUVA? Em pleno temporal de fevereiro e o alagamento na Lapa, Seu Mariano manteve a calma. Continuou tomando cerveja e vendo o jogo do Vasco. Fellipe Redó

Comentários

Últimas de Rio de Janeiro