Mudança de endereço de Clínica da Família na Ilha deixa moradores apreensivos

Funcionários de unidades de toda a cidade declararam greve nesta quinta-feira

Por KARILAYN AREIAS

Lindalva Moreno Duarte, 58 anos, procurou, sem sucesso, atendimento para a mãe, Severina Estevão, 87 anos. Segundo funcionários, a Clínica da Família está de mudança para outro local da Ilha do Governador, na Zona Norte do Rio -

Rio - Moradores do Cocotá, na Ilha do Governador, na Zona Norte do Rio, estão preocupados. É que segundo funcionários do Centro Municipal de Saúde Paulino Werneck, a unidade irá para outro endereço. Entre as que procurou o local, nesta quinta-feira, mas não obteve sucesso, está Lindalva Moreno Duarte, 58 anos. A doméstica queria marcar uma consulta para a mãe, Severina Estevão, 87 anos, mas foi informada que não seria possível por conta da mudança. "Dependendo de para onde a clínica for ou se a clínica fechar ela (a mãe) está perdida, pois não temos condições de pagar um plano de saúde", disse, apreensiva. 

Não é só a mãe de Lindalva que sofre com a falta de atendimento. Quem mora em outras áreas da cidade também está sendo afetado pelo problema, já que funcionários de Clínicas da Família do Rio entraram em greve hoje por causa de atrasos nos salários.

Segundo um informativo da Organização Social Viva Rio, somente o vale refeição e o vale transporte foram pagos devido a falta de repasse mensal da prefeitura. De acordo com funcionários, ainda não foram depositados o salário de dezembro e o décimo-terceiro. Eles também relataram que ainda estão de aviso prévio. 

Procurada pelo O DIA, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) informou que "nenhum serviço será encerrado e nenhum usuário da rede de Atenção Primária (Centos Municipais de Saúde ou Clínicas da Família) deixará de ser atendido".

Com relação a mudança da unidade Paulino Werneck, a pasta afirmou que "as equipes serão redistribuídas pelas outras unidades da rede na Ilha do Governador". "A reestruturação do espaço físico onde funciona o CMS Paulino Werneck vem sendo planejada para reorganizar os serviços de saúde do bairro e adequar os serviços aos espaços físicos. O remanejamento vai permitir, onde hoje funciona o Werneck, a abertura de um Centro de Atenção Psicossocial Infanto-Juvenil (CAPSi)", diz trecho da nota enviada à imprensa. 

Já sobre o atraso dos salários que motivou a greve, a SMS disse que "estão em andamento os trâmites para o repasse dos R$ 135,1 milhões para as organizações sociais (OSs) que não têm pendências em suas prestações de contas". Entretanto, a secretaria não informou uma data de pagamento.

Galeria de Fotos

Lindalva Moreno Duarte, 58 anos, procurou, sem sucesso, atendimento para a mãe, Severina Estevão, 87 anos. Segundo funcionários, a Clínica da Família está de mudança para outro local da Ilha do Governador, na Zona Norte do Rio Alexandre Brum/Agência O Dia
Segundo funcionários, a Clínica da Família está de mudança para outro local da Ilha do Governador, na Zona Norte do Rio Alexandre Brum/Agência O Dia

Últimas de Rio de Janeiro