Acusados de matar pai de PM são presos em São Gonçalo

Um outro criminoso foi capturado logo depois do crime. Bando usava site de compra e venda na internet para atrair as vítimas com anúncios falsos

Por MARIA INEZ MAGALHÃES

Bernardo foi o responsável por levar a vítima até o local onde foi morta
Bernardo foi o responsável por levar a vítima até o local onde foi morta -

Rio - Bernardo Vieira Machado e Matheus Magnum Vidal de Albuquerque foram presos na manhã desta quinta-feira, em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio, pelos policiais da Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSGI). Eles são acusados de matar o pai do policial militar Patrick Fernandes, Carlos Luiz Salamon da Cunha assassinado no último dia 15, em São Gonçalo. Jefferson Ricardo dos Santos Amorim foi preso logo depois do crime, em Mesquita, na Baixada Fluminense.

Matheus era o responsável por colocar os anúncios falso na internet - Divulgação Polícia Civil

Na ação, o PM não se feriu. Carlos, que estava com o filho, foi morto ao encontrar os criminosos que se passaram por vendedores do site de compra e venda OLX. Eles tinham a intenção de comprar uma motocicleta anunciada pelos bandidos na internet para atrair as vítimas. 

Segundo as investigações, Jefferson foi quem atirou em Carlos, Bernardo foi o responsável por levar a vítima do bando até o local combinado, onde ela seria assaltada, e Matheus era o responsável por colocar os anúncios falsos na internet. O PM, porém, percebeu que era um golpe. Ao serem descobertos, os criminosos mataram o pai do policial. 

A DHNSGI, agora, apura se o trio deu golpe em outras vítimas. 

Galeria de Fotos

Bernardo foi o responsável por levar a vítima até o local onde foi morta Divulgação Polícia Civil
Matheus era o responsável por colocar os anúncios falso na internet Divulgação Polícia Civil
Matheus era o responsável por colocar os anúncios falso na internet Divulgação Polícia Civil

Comentários