Acidente com trens em São Cristóvão será discutido em audiência pública - Armando Paiva/ Agência O Dia
Acidente com trens em São Cristóvão será discutido em audiência públicaArmando Paiva/ Agência O Dia
Por O Dia

Rio - O presidente da Comissão de Transportes da Assembleia Legislativa, deputado Dionísio Lins,  encaminhou um ofício solicitando uma audiência pública sobre a situação do sistema ferroviário do Rio à mesa diretora da Alerj. O pedido é consequência do acidente entre dois trens da SuperVia, na estação São Cristóvão, que deixou oito feridos e um maquinista morto, nesta quarta-feira.

Para Dionísio, esta audiência é importante para que sejam esclarecidas as condições de funcionamento das composições, seus maquinários, sinalização e condição de desgaste e uso dos trilhos, principalmente nos ramais mais distantes como Baixada Fluminense e interior.

"É lamentável que em pleno século 21, onde a tecnologia está super avançada, acidentes como esse ainda aconteçam. Se realmente houve uma falha de comunicação que permitiu que uma composição não identificada saísse da Central e colidisse com outra no mesmo ramal, houve no mínimo, em minha opinião, erro humano ou falha no sistema de segurança", explicou.

Controladores teriam permitido que trem seguisse para São Cristóvão, onde bateu em outro.

A audiência pública pode ser marcada para a primeira quinzena de março. Representantes da Rio Trilhos, da Agência reguladora de Serviços Públicos Concedidos de Transportes Aquaviários, Ferroviários e Metroviários e de Rodovias do Estado do Rio de Janeiro (Agetransp), do Ministério Público e do Sindicato dos Ferroviários serão convidados a participar.

"Queremos que o ocorrido seja apurado com o máximo de rigor e os culpados punidos conforme a lei. Mas o mais importante é evitar que esses acidentes voltem a acontecer no futuro", afirma o deputado.

Você pode gostar
Comentários