Recém-nascido encontrado em caixa de papelão em Volta Redonda passa bem - Divulgação/ Prefeitura de Volta Redonda
Recém-nascido encontrado em caixa de papelão em Volta Redonda passa bemDivulgação/ Prefeitura de Volta Redonda
Por O Dia

Rio - A Polícia Civil identificou e ouviu, na manhã desta quinta-feira, a mãe que abandonou um bebê recém-nascido em uma caixa de papelão no sábado em Volta Redonda, no Sul Fluminense. De acordo com os agentes da 93ª DP (Volta Redonda), a mulher de 35 anos, que não teve a identidade revelada, disse que tinha consumido drogas no dia que deixou a criança. 

Ainda segundo a Polícia Civil, a mãe contou que não sabia que estava grávida e se assustou quando deu à luz. Aos agentes, ela declarou que decidiu colocar o bebê em uma caixa e colocar em frente a uma casa que estava com a luz acesa.

A mulher foi indiciada por abandono de incapaz. Mãe e filho serão submetidos a exame de DNApara comprovar o vínculo genético. O menino nascido com 33 semanas continua internado fora de perigo no Hospital São João Batista. Ele será encaminhado para acolhimento em um abrigo até que a Justiça decida sobre o caso.

 

 

 

indiciaram, nessa quinta-feira, 28/02, uma mulher de 35 anos por abandono de incapaz. De acordo com os agentes, ela abandonou o filho recém-nascido no dia 23/02, logo após o parto, no bairro Vila Mury, em Volta Redonda. O bebê, um menino, foi deixado dentro de uma caixa de sapato na porta de uma casa. Mãe e filho serão submetidos a exame de DNA a fim de comprovar o vínculo genético.

Você pode gostar
Comentários