Preso suspeito de tentativa de feminicídio que trabalhava como segurança

Caso foi registrado na 51ª DP (Paracambi)

Por O Dia

Homem que teria atirado contra a ex-mulher trabalhava como segurança na Supervia
Homem que teria atirado contra a ex-mulher trabalhava como segurança na Supervia -

Rio - A Polícia Civil prendeu, na noite de sexta-feira, um homem suspeito de tentativa de feminicídio. Segundo a corporação, Rogério Ferreira Monteiro, de 49 anos, foi detido pelos agentes na estação de Japeri da Supervia, na Baixada Fluminense, onde trabalhava como segurança.

Rogério teria atirado na ex-mulher na última segunda-feira (4). O caso foi registrado na 51ª DP (Paracambi) e o delegado pediu um mandado de prisão, que foi aceito pela Justiça. Em seguida, os agentes seguiram até a caso do suspeito, mas não o encontraram. Ele foi achado em seu local de trabalho. 

Procurada, a Supervia informou que "o funcionário era contratado por empresa terceirizada de segurança" e que ele foi preso "por motivos sem qualquer relação ao exercício do seu trabalho dentro da concessionária".

"A SuperVia acionou seu setor Jurídico para as medidas necessárias e está em contato com a empresa responsável pelo funcionário. A concessionária repudia qualquer ato de violência e exige que as empresas terceirizadas cumpram com todas as normas de treinamento junto a seus integrantes para prestar o melhor serviço à população", finaliza o comunicado enviado à imprensa.

 

Comentários