Família quer saber quem mandou matar

Durante coletiva no MP

Por GUSTAVO RIBEIRO

Depois de quase um ano sem resposta, os familiares de Marielle Franco se sentiram um pouco aliviados após as prisões. Mas ressaltaram o desejo de saber quem mandou executar o crime durante coletiva no MPRJ. "É óbvio que é importante saber quem mandou matar, mas a gente tem que ressaltar o trabalho das promotoras. A gente espera conseguir saber se tem mandante ou não", declarou Anielle Franco, irmã da vereadora.

O pai de Marielle, Antonio Francisco da Silva, admitiu que não tinha esperanças de que alguém fosse preso e agora aguarda as condenações. "Eu sempre fui muito cético, mas hoje (ontem) foi dado um grande passo. O próximo será a condenação, porque quem age covardemente em tocaia sem dar a menor chance de defesa não pode fazer parte da sociedade", disse. "Eu acho que é um avanço, mas ainda não é o que precisamos. Precisamos saber do mandante, o que motivou. É uma resposta, mas esperamos mais", pediu a mãe da vereadora, Marinete da Silva.

Comentários

Últimas de Rio de Janeiro