Motorista de aplicativo tentou fugir a pé, mas foi atingido por tiros - Divulgação / Polícia Militar
Motorista de aplicativo tentou fugir a pé, mas foi atingido por tirosDivulgação / Polícia Militar
Por O Dia

Rio - Duas pessoas morreram em diferentes assaltos em bairros da Zona Norte do Rio, entre a tarde e a noite desta quarta-feira. No caso mais recente, por volta das 20h, o motorista de aplicativo Rafael Batista de Sousa, que também trabalhava como frentista, foi alvo de tiros quando teve o carro, um Volkswagen Gol prata, fechado por bandidos na Rua General Queiroz Sayão, em Irajá.

De acordo com testemunhas, um bandido estaria se passando por passageiro dentro do carro do motorista, quando anunciou o assalto e mandou Rafael dirigir. Comparsas vieram em um carro atrás, quando ele se desesperou e tentou fugir a pé com a chave do veículo na mão. Os bandidos atiraram e ele foi atingido por pelo menos três tiros, um deles no tórax. O motorista morreu no local e os bandidos fugiram.

Motorista de aplicativo Rafael Batista de Sousa morreu em Irajá - Arquivo Pessoal

O segundo caso da noite aconteceu por volta das 18h30 na Avenida Pastor Martin Luther King Junior, em Vicente Carvalho. Na ocasião, um homem estava em um carro branco, quando foi alvo de bandidos. Ele se assustou e os bandidos atiraram contra ele. A vítima foi levada ao Hospital Getúlio Vargas, mas não resistiu.

Caso de Vicente de Carvalho aconteceu na Rua Automóvel Clube - Reprodução / Internet

A Delegacia de Homicídios da Capital (DH) investiga os casos.

Você pode gostar
Comentários