Mais Lidas

Taxista morto soterrado durante forte chuva no Rio é enterrado

Família e amigos prestaram última homenagem a Marcelo Marcelino

Por O Dia

Taxista Marcelo Tavares é enterrado no cemitério São João Batista em Botafogo
Taxista Marcelo Tavares é enterrado no cemitério São João Batista em Botafogo -

Rio - Familiares e amigos do taxista Marcelo Tavares Marcelino, de 42 anos, que morreu ao ser soterrado durante as chuvas que atingiram a cidade do Rio nesta segunda-feira, foram prestar uma última homenagem no Cemitério São João Batista, em Botafogo, na Zona Sul do Rio. A emoção no lugar deu espaço para breves palavras de um de seus companheiros de jiu-jítsu, sempre mostrando o quanto ele era profissional e querido por todos. A mãe do motorista, Regina Tavares, se emocionou e precisou ser amparada pelos presentes. As filhas de Marcelo, de 13 e 18 anos, também estavam no local junto à mãe.

Um amigo do taxista, que se identificou como Berimbau, contou ao DIA que o conheceu na academia de jiu-jítsu em 1994. Ele lembrou de como era Marcelinho, apelido de Marcelo.  "Foi um grande amigo, honesto, trabalhador, um rapaz maravilhoso. Grande amigo, sempre tranquilo, sempre sorrindo", disse.

Segundo o deputado estadual Dionísio Lins, autor da lei que regulamenta a profissão de taxista, foi realizada uma mobilização para que Marcelo Tavares Marcelino tivesse um sepultamento digno, uma vez que ele foi procurado para ajudar a família da vítima a realizar os procedimentos burocráticos. Lins auxiliou os familiares do taxista desde a liberação do corpo no IML até o sepultamento. Ainda de acordo com o parlamentar, o prefeito Marcelo Crivella se sensibilizou com a iniciativa e disse que irá ajudar as famílias que perderam entes queridos. 

Em nota, a Coordenadoria de Cemitérios, subordinada à Secretaria de Conservação, informou que o taxista foi sepultado com a gratuidade oferecida pelo município e que sempre presta serviços às famílias que perdem parentes em catástrofes no Rio de Janeiro. "Todos os custos são cobertos pelo município, que também disponibiliza capela e cerimônia, se assim a família da vítima desejar".

 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários