Mais Lidas

Portela festeja 96 anos com missa, bolo e roda de samba

Por O Dia

A Portela celebra nesta quinta-feira, às 20h, uma missa em ação de graças pelos seus 96 anos de fundação, na quadra. A comemoração do aniversário terá bolo para a comunidade e uma grande roda de samba comandada pelos integrantes da Ala de Compositores Ary do Cavaco. A quadra fica na Rua Clara Nunes 81, em Madureira, e a entrada é franca.

Já na sexta-feira, dia 19, a partir das 20h, a celebração será no Teatro Rival, na Cinelândia, com o show 'Páginas Belas - Glória ao Samba canta Raridades do Acervo Portelense', e participação especial de mestre Monarco. O grupo, formado por músicos e pesquisadores de São Paulo, vai apresentar sambas inéditos ou desconhecidos da Azul e Branco. Composições que remontam à fundação do Conjunto de Osvaldo Cruz, no início da década de 1920.

Os primeiros sambas de Paulo da Portela, Antônio Caetano e Antônio Rufino estarão no roteiro, juntamente com composições de Heitor dos Prazeres, Alcides Dias Lopes (Malandro Histórico), Alvarenga, Olavo, Belmiro, Licurgo Batista, Josias, Chatim, Ventura, Manacéa, Monarco, Armando Santos, Chico Santana, entre outros.

Serviço:

Aniversário de 96 anos da Portela (missa, bolo para comunidade e roda de samba)

Data: Nesta quinta-feira

Horário: A partir das 20h

Local: Quadra da Portela (Rua Clara Nunes 81, Madureira)

Classificação: livre

Entrada franca

Show 'Páginas Belas - Glória ao Samba canta Raridades do Acervo Portelense' - Participação: Monarco

Data: 19 de abril (sexta-feira)

Horário: 19h30

Local: Teatro Rival (Rua Álvaro Alvim, 33/37, Cinelândia)

Classificação: 18 anos

Ingressos: R$ 50 (inteira), R$ 35 (promoção para os 100 primeiros pagantes), R$ 25 (meia).

Informações: 2240-9796

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários