Jovem morta após encostar em grade energizada é sepultada

Maria Fernanda, 20 anos, morreu ao encostar em grade energizada durante uma festa no Terreirão

Por O Dia

Sepultamento de Maria Fernanda Lima, 20 anos no cemitério de Irajá
Sepultamento de Maria Fernanda Lima, 20 anos no cemitério de Irajá -

Rio - Sob forte comoção, a universitária Maria Fernanda Ferreira de Lima, de 20 anos, foi sepultada na tarde desta segunda-feira, no Cemitério de Irajá, Zona Norte do Rio. Familiares e amigos prestaram as últimas homenagens a jovem, que morreu na madrugada deste domingo depois de encostar em uma grade energizada e sofrer um choque. 

A vítima estava na festa Puff Puff Bass, no Terreirão do Samba, quando aconteceu a tragédia. Ela chegou a ser socorrida no Hospital Municipal Souza Aguiar, no Centro, mas teve duas paradas cardiorrespiratórias e não resistiu.

Na página do evento, internautas criticaram a organização da Puff Puff Bass e pediram justiça. "Tinha uma caixa de alta voltagem perto do bar com uma poça de água embaixo, a grade perto dos banheiros estava dando choque", disse um dos relatos. Os pais da vítima registraram o caso na 6ª DP (Cidade Nova). Maria Fernanda era estudante de odontologia da Universidade Veiga de Almeida.

Sepultamento de Maria Fernanda Lima, 20 anos no cemitério de Irajá - Marcio Mercante / Agência O Dia

O organizador da festa Puff Puff Bass no Terreirão do Samba, Vitor Torres Alencar, deve prestar novo depoimento nesta segunda-feira na distrital. A delegada Maria Aparecida Mallet interditou por tempo indeterminado o local onde foi realizado o evento.

Sepultamento de Maria Fernanda Lima, 20 anos no cemitério de Irajá - Marcio Mercante / Agência O Dia

Segundo a policial este novo depoimento do organizador da festa poderá contribuir no trabalho da Polícia Civil. "Estamos aguardando o responsável pelo evento para saber maiores da detalhes da festa e de tudo o que ocorreu no local", disse.

Sepultamento de Maria Fernanda Lima, 20 anos no cemitério de Irajá - Marcio Mercante / Agência O Dia

A delegada não descarta que um tapume de ferro possa ter causado algum dano na rede subterrânea de eletricidade do Terreirão. "Somente com o laudo da perícia poderemos afirmar com certeza o que causou o choque em Maria Fernanda Lima."

Ela cursava Odontologia na Universidade Veiga de Almeida - Arquivo Pessoal

Galeria de Fotos

Sepultamento de Maria Fernanda Lima, 20 anos no cemitério de Irajá Marcio Mercante / Agência O Dia
Rio de Janeiro, 15 de abril, Iraja. Enterro de Maria Fernanda Lima, 20 anos no cemiterio de Iraja. Foto Marcio Mercante / Agencia O Dia. Marcio Mercante / Agencia O Dia
Sepultamento de Maria Fernanda Lima, 20 anos no cemitério de Irajá Marcio Mercante / Agência O Dia
Sepultamento de Maria Fernanda Lima, 20 anos no cemitério de Irajá Marcio Mercante / Agência O Dia
Sepultamento de Maria Fernanda Lima, 20 anos no cemitério de Irajá Marcio Mercante / Agência O Dia
Sepultamento de Maria Fernanda Lima, 20 anos no cemitério de Irajá Marcio Mercante / Agência O Dia
Sepultamento de Maria Fernanda Lima, 20 anos no cemitério de Irajá Marcio Mercante / Agência O Dia
Ela cursava Odontologia na Universidade Veiga de Almeida Arquivo Pessoal

Comentários