Garis entram em greve a partir de meia-noite desta sexta-feira

Categoria pede 10% de aumento. No entanto, a Comlurb entregou proposta de reajuste de 4%, que foi rejeitada pelos trabalhadores

Por O Dia

Garis querem um reajuste de 10% no salário e também no vale alimentação. A Prefeitura do Rio oferece 3,73% de aumento
Garis querem um reajuste de 10% no salário e também no vale alimentação. A Prefeitura do Rio oferece 3,73% de aumento -

Rio - Em assembleia na noite desta quinta-feira, o Sindicato dos Empregadores de Empresas de Asseio e Conservação do Rio (Siemaco), decidiu entrar em greve por tempo indeterminado, a partir de meia-noite desta sexta-feira, até que o Município atenda à reivindicação salarial dos trabalhadores.

A categoria pede 10% de aumento. No entanto, a Comlurb entregou uma proposta de reajuste de 4% aos garis, que foi rejeitada pelos trabalhadores.

De acordo com o sindicato, com essa decisão, os empregados aceitaram o risco de perder, na Justiça, o que haviam conquistado, como o adicional de insalubridade para os agentes de preparo de alimentos (Apas), vigias e auxiliares de serviços gerais, entre outros benefícios.

A Comlurb informou que não foi notificada oficialmente pelo sindicato. "Caso haja greve, segundo com a Lei de Greve, por se tratar de serviços essenciais à população, deve ser respeitado uma antecedência mínima de 72h a contar do comunicado. Vale ressaltar, que a decisão judicial permanece válida, com a manutenção da prestação dos serviços, não podendo afetar a coleta domiciliar, limpeza hospitalar, limpeza de logradouros, encostas, ralos e bueiros, escolas e preparo de alimentos nas escolas municipais", disse em nota. 

Na segunda-feira, os garis iniciaram uma greve. Os trabalhadores reivindicavam o reajuste de 10% no salário e também no vale alimentação, pagamento de insalubridade para agentes do preparo de alimentos, auxiliares de serviços gerais e vigias e pagamento do acordo de resultados, que está atrasado desde o ano passado.

Durante uma assembleia naquela tarde, a companhia cedeu alguns pontos, como aumento do tíquete, pagamento de insalubridade; contudo, o aumento salarial permanece em 3,73%, conforme previsto pela inflação.

Os garis decidiram suspender a greve, após uma reunião em que a Comlurb apresentou uma nova proposta de reajuste salarial. A categoria havia concordado em suspender a greve até a reunião. A proposta seria submetida em nova assembleia, que foi realizada nesta quinta-feira. 

 

 

Comentários