Homem suspeito de fingir ser homossexual para estuprar mulheres é preso na Baixada

De acordo com a polícia, suspeito se identificava como designer de sobrancelhas. Ele foi preso em São João de Meriti

Por O Dia

Deam São João de Meriti, na Baixada Fluminense
Deam São João de Meriti, na Baixada Fluminense -

Rio - Agentes da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) prenderam em flagrante, nesta quarta-feira, um homem que se passava por homossexual, de acordo com a especializada, para estuprar suas vítimas em São João de Meriti, na Baixada Fluminense. 

Segundo da Deam, uma das vítimas compareceu à unidade e contou que recebeu uma mensagem de texto através de uma rede social pelo suspeito, que se identificou como designer de sobrancelha. Ele teria a convidado para participar de uma reciclagem em seu salão de beleza, onde foi preso em flagrante. 

A vítima afirmou aos agentes, que o autor agia como homossexual enquanto estava no estúdio. O preso pediu para ela se despir para ensinar uma técnica de “dourar os pelos” e acariciou o corpo da vítima com o pretexto de aplicar um óleo. Ela tentou deixar o local, mas foi impedida pelo homem, que a estuprou.

A mulher fez exame de corpo de delito no IML e deu depoimento na Deam. Um inquérito foi instaurado na especializada para identificar a existência de outras vítimas. 

Comentários