Arrastão no Túnel Santa Bárbara assusta motoristas

Assaltos aconteceram na noite de sábado e o Túnel chegou a ser fechado pelos policiais

Por Ana Mello*

Arrastão aconteceu no sentido Centro do Túnel Santa Bárbara, neste sábado
Arrastão aconteceu no sentido Centro do Túnel Santa Bárbara, neste sábado -

Rio - Um arrastão assustou motoristas que passavam pelo Túnel Santa Bárbara, sentido Laranjeiras, na noite deste sábado. De acordo com policiais militares do 2º BPM (Botafogo), um cerco foi realizado na área para tentar localizar os criminosos, mas ninguém foi preso.

Nas redes sociais, pessoas que passaram pelo local publicaram vídeos e relatos sobre os assaltos. A aeroviária Cristiane Soares, de 43 anos, fez uma postagem no Facebook contando o que aconteceu.

"Tenso! Infelizmente voltando da festa do meu neto fiquei com minha família no meio desse arrastão. Triste ver a situação que chegou o Rio de Janeiro. Pessoas abandonaram os carros e correram, crianças chorando em pânico e no meio disso tudo heróis chegaram. A polícia chegou rápido tentando acalmar o povo e correndo em direção aos meliantes que estavam em várias motos. Parabéns a Polícia que rapidamente agiu nessa situação caótica."

Ao DIA, Cristiane disse que o arrastão aconteceu por volta das 22h, no sentido Centro. Ela e a família voltavam do aniversário de seis anos do neto, Pietro, quando foram surpreendidos pela ação dos bandidos. Apesar do susto, o carro em que estavam não foi assaltado. "Infelizmente um dia que era para ser lembrado com alegria foi fechado com essas lembranças de pânico. Pessoas correndo esbarrando umas nas outras, gente passando mal. Foi lamentável."

Para Cristiane, a insegurança preocupa. "A impotência de ver sua família diante dessa violência é surreal", lamentou.

Outras pessoas usaram as redes sociais para fazer cobranças ao poder público. "Alguém sabe dizer onde está o Governador???", escreveu uma mulher. "Esse tipo de crime que está acabando com o Rio de Janeiro. Além da profunda crise econômica, esses crimes afastam clientes de bares, restaurantes, do comércio, do investimento, ou seja, é um mal muito grande, afinal ninguém mais quer andar mais no Rio. Caso não veja feito rapidamente, esse tipo de crime não terá mais fim.", questionou outra mulher, que marcou o governador e outras autoridades em comentário feito na página do aplicativo de violência OTT.

"A gente só sai de casa para trabalhar e reza para voltar inteiro", escreveu uma terceira.

A PM informou que a ocorrência foi encaminhada à delegacia da área. Até o momento, a Polícia Civil não respondeu sobre os assaltos.

*Estagiária sob supervisão de Tábata Uchoa

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários