Câmara aprova projeto de prevenção de drogas

Por

A Câmara do Vereadores do Rio aprovou ontem, em segunda discussão, o projeto de lei que obriga que pelo menos 5% do Fundo Municipal para Atendimento dos Direitos da Criança e do Adolescente sejam utilizados no financiamento de programas de prevenção ao uso de drogas. O texto agora seguirá para a apreciação do prefeito Marcelo Crivella.

O autor do projeto, o vereador Célio Lupparelli (DEM), disse que atualmente há um Fundo Municipal Antidrogas que não cumpre o que dispõe seus artigos por falta de destinação de verbas. O texto, por sua vez, tem foco exclusivo na realização de prevenção primária entre crianças e adolescentes moradores de áreas com os menores Índices de Desenvolvimento Humano (IDH). "O fundo, que deveria ser responsável por prevenções primária, secundária e terciária, recebe valores irrisórios", argumentou.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários