Polícia prende suspeito de roubo de gasolina que provocou vazamento e deixou feridos em Duque de Caxias

Entre as vítimas está uma menina de 9 anos, internada em estado grave

Por O Dia

Willian foi capturado pela DDSD
Willian foi capturado pela DDSD -

Rio - Agentes da Delegacia de Defesa de Serviços Delegados (DDSD) prenderam, na manhã desta quarta-feira, Willian Cesar Vieira, 21 anos, por participação na tentativa de furto de combustível no Parque Capivari, Duque de Caxias, que provocou vazamento e causou ferimentos em pelo menos três pessoas, entre elas uma menina de 9 anos, internada em estado grave.

O suspeito responderá por tentativa de homicídio qualificado, furto duplamente qualificado, constituição de milícia privada, crime contra a ordem econômica e crime contra o meio ambiente. 

De acordo com a especializada, as investigações apontam a participação da milícia no crime, que aconteceu no último sábado. Na ocasião, o combustível em alta temperatura jorrou a uma altura de 10 metros. Casas tiveram que ser evacuadas às pressas e houve danos ao meio ambiente.

Willian foi localizado em sua casa, no bairro de Xerém, após diligências que se iniciaram a partir de uma motocicleta, abandonada no local do crime. Segundo os investigadores da DDSD, o homem negou que estivesse no local do crime.

Entretanto, a Polícia Civil afirma que ele estava na região. Durante a explosão o homem fugiu do local deixando para trás uma motocicleta. O rastreamento do veículo levou à prisão do suspeito. O delegado Júlio Filho, titular da DDSD, informou que a investigação segue para identificar outros participantes do crime.

Ana Cristina Pacheco Luciano, 9 anos, sofreu queimaduras em 80% do corpo após cair em poça de combustível vazado de duto que sofreu tentativa de furto em Caxias - Arquivo Pessoal

Menina segue internada em estado grave

A pequena Ana Cristina Pacheco Luciano, de 9 anos, segue internada em estado grave no Hospital Estadual Adão Pereira Nunes, em Saracuruna, segundo a Secretaria de Saúde informou, na manhã desta segunda-feira. Ela teve 80% do corpo queimado após cair em uma poça de combustível vazado durante uma tentativa de furto em um duto da Transpetro em Duque de Caxias. 

O vazamento de combustível, provocado pelo furto em dutos de gasolina da Transpetro, provocou um forte cheiro e acordou moradores de pelo menos dois bairros. Ao menos cinco pessoas foram socorridas, três delas sendo levadas para o Hospital Adão Pereira Nunes, em Saracuruna. O local foi isolado pelo risco de explosão e quem mora no raio de um quilômetro impedido de acessar suas casas. Às 12h28, a empresa disse que o "risco de explosividade foi reduzido significativamente", mas região segue sendo monitorada.

 

 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Galeria de Fotos

Willian foi capturado pela DDSD Reprodução vídeo
Vazamento de combustível em Caxias aconteceu após tentativa de roubo Reprodução TV Globo
Ana Cristina Pacheco Luciano, 9 anos, sofreu queimaduras em 80% do corpo após cair em poça de combustível vazado de duto que sofreu tentativa de furto em Caxias Arquivo Pessoal

Comentários