Unidade será montada em área do batalhão da PM no Leblon - Reprodução / Google Maps
Unidade será montada em área do batalhão da PM no LeblonReprodução / Google Maps
Por RAFAEL NASCIMENTO
Rio - O cabo da Polícia Militar, Alysson Ivanir do Nascimento, foi preso em flagrante acusado de suborno, na noite desta segunda-feira, em Copacabana, Zona Sul do Rio. Ele é lotado no 23ºBPM (Leblon) e na madrugada de domingo cobrou R$ 1.000 para liberar um motorista que dirigia com sinais de embriaguez.
A abordagem ao carro foi feita na Lagoa e o policial recebeu R$ 150 para autorizar o homem a seguir viagem. Os R$ 850 restantes seriam quitados em outro encontro, a ser combinado pelo policial. O condutor do veículo denunciou a cobrança à 1ª Delegacia de Polícia Judiciária Militar (DPJM), no Méier, que resultou na prisão do cabo em flagrante.
Publicidade
O PM foi preso em flagrante, na Praça do Lido, logo após receber o dinheiro do suborno. De acordo com Polícia Militar, ele foi ouvido e encaminhado para Batalhão Especial Prisional (BEP), no Fonseca, em Niterói. O praça vai responder por crime de concussão — descrito no artigo 316 do Código Penal como ato de exigir para si ou para outro vantagem indevida. A pena, nesses casos, vai de 2 a 8 anos.