Polícia prende donos de restaurantes na Praia da Bica por venda de alimentos impróprios

Quiosques e bares foram interditados em ação realizada na noite desta quinta-feira

Por O Dia

Material encontrado nos estabelecimentos
Material encontrado nos estabelecimentos -
Rio - Bares e restaurantes da Praia da Bica, na Ilha do Governador, Zona Norte do Rio, foram alvos da ação "Combo", um trabalho conjunto da Vigilância Sanitária municipal com a 37ªDP (Ilha do Governador) e a Perícia Técnica do ICCE, na noite desta quinta-feira.
De acordo com a Vigilância Sanitária, 136 quilos de alimentos impróprios ao consumo foram descartados e dois termos de intimação com exigências estruturais e de limpeza foram emitido. Além disso, cinco multas foram aplicadas por falta de higiene e ausência de rótulos de identificação.  
Os agentes encontraram alimentos considerados impróprios nos restaurantes Rei do Bacalhau, no Quiosque 08 e na Kabana do Alemão. Os proprietários e responsáveis pelos estabelecimentos foram presos em flagrante. Além disso, eles também foram multados e os locais foram parcialmente interditados pela delegacia.
Os Quiosques “Sem Frescura” e “Altas Horas” também foram parcialmente interditados pela Polícia Civil. A justificativa foi que nenhum dos estabelecimentos possui autorização para realização de eventos fora da atividade do ramo alimentício.

Galeria de Fotos

Material encontrado nos estabelecimentos Reprodução / Internet
Material encontrado nos estabelecimentos Reprodução / Internet
Material encontrado nos estabelecimentos Reprodução / Internet
Material encontrado nos estabelecimentos Reprodução / Internet
Material encontrado nos estabelecimentos Reprodução / Internet
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Comentários