Homem acusado de chefiar milícia em Queimados, na Baixada Fluminense, é preso pela Polícia Civil - Divulgação/Draco
Homem acusado de chefiar milícia em Queimados, na Baixada Fluminense, é preso pela Polícia CivilDivulgação/Draco
Por O Dia
Rio - Um homem, identificado como Alex Sandro Bonifácio Machado, foi preso em flagrante na manhã deste sábado, acusado de chefiar uma milícia que atuava em Queimados, na Baixada Fluminense. De acordo com a Polícia Civil, o "Chim" era um dos líderes da organização conhecida como "caçadores de gansos" e tinha um mandado de prisão aberto por homicídio.
O delegado Gabriel Ferrando, titular da Delegacia de Repressão as Ações Criminosas Organizadas e Inquéritos Especiais (Draco), afirmou que a prisão é resultado de um trabalho de inteligência da Polícia Civil.
Publicidade
"Foi uma prisão importante porque a Draco já estava no encalço desse elemento há alguns meses."
"Chim" foi preso em casa, pelos crimes de milícia privada e porte de arma de fogo com numeração suprimida. Com ele, foram apreendidos: 58 munições; 1 rádio; 2 Balaclavas (toucas ninja); 1 espada; 2 facas; 1 carregador de pistola; 1 carregador de submetralhadora; 1 revólver e 2 relógios da marca invicta.
Publicidade
Draco apreende armas e munições em casa de homem acusado de chefiar milícia em Queimados - Divulgação/Draco