Mulher foi presa após agentes desconfiarem de documento falso e decidirem vistoriar o veículo - Divulgação / PRF
Mulher foi presa após agentes desconfiarem de documento falso e decidirem vistoriar o veículoDivulgação / PRF
Por O Dia
Rio - Uma mulher ainda não identificada foi presa transportando 100 kg de maconha, na madrugada desta quinta-feira. Agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) a abordaram na Rodovia Presidente Dutra (BR-116), em Barra Mansa, no Sul Fluminense.
De acordo com a corporação, os policiais faziam uma ronda na via Dutra, sentido Rio de Janeiro quando decidiram abordar um veículo Volkswagen, modelo Fox, na cor vermelha. Os agentes deram sinal de parada, a motorista não atendeu e, após uma breve perseguição, os agentes conseguiram alcançá-la.
Publicidade

Galeria de Fotos

Mulher foi presa após agentes desconfiarem de documento falso e decidirem vistoriar o veículo Divulgação / PRF
Material estava escondido dentro do carro Divulgação / PRF
Durante a abordagem, a motorista, de 32 anos, informou que estava indo para Rio de Janeiro visitar o pai, que estava doente. Ela não estava com nenhum documento pessoal e alegou ter esquecido em casa, apresentando apenas o documento do veículo. Os policiais desconfiaram que se tratava de uma falsificação e decidiram vistoriar o carro. Durante a revista, 157 tabletes de maconha, cerca de 157 quilos da droga, foram encontrados em sacos plásticos. O entorpecente estava escondido atrás dos bancos dianteiros e no porta-malas.
Publicidade
A mulher contou que receberia R$ 3 mil para levar o material de Osasco, em São Paulo, e deixá-lo na Avenida Brasil, no Rio de Janeiro. Ainda durante inspeção, os agentes constataram que o veículo era um clone, sendo o original de mesma marca e modelo, com registro de roubo em abril de 2017. A ocorrência foi encaminhada para a 90ª DP (Barra Mansa).