Prefeitura determina mudança em rota de vans para atender moradores do Vidigal

Acesso à comunidade estava fechado após interdição da Avenida Niemeyer

Por O Dia

Após a concentração em frente à Igreja da Candelária, manifestantes percorreram a Presidente Vargas
Após a concentração em frente à Igreja da Candelária, manifestantes percorreram a Presidente Vargas -
Rio - Moradores do Vidigal acordaram com uma boa notícia na manhã desta sexta-feira. Após mais de quinze dias com problemas de mobilidade agravados por conta do fechamento da Niemeyer, as vans que atendem região tiveram a rota estendida. Os veículos, que antes iam até Jardim de Alah, em Ipanema, receberam autorização da prefeitura para seguirem até a Avenida Rainha Elizabeth, na altura do posto 6, em Copacabana, na Zona Sul. 

Galeria de Fotos

Vans tiveram trajeto modificado para atender moradores do Vidigal Reprodução / Parceiros do Vidigal
Vans tiveram trajeto modificado para atender moradores Reprodução
Moradores do Vidigal aprovam novos trajetos de vans no Vidigal Reprodução / Parceiros do Vidigal
A mudança só foi possível graças a um abaixo-assinado de moradores que pediam pela maior cobertura de transporte para quem vive na região. Segundo Daniel, repórter fotográfico e morador do Vidigal, os problemas com mobilidade vêm muito antes da interdição da Avenida Niemeyer. Segundo ele, há poucas opções para Botafogo e para o Jardim Botânico: "Mesmo com essa mudança nas vans o problema não se resolve totalmente, pois os moradores que ainda precisam chegar até Botafogo", explica.
Uma das maiores reivindicações de quem vive no Vidigal é para que a van chegue até o Shopping RioSul, em Botafogo. O local já foi parte do itinerário, mas atualmente, para chegar no bairro é preciso pagar mais uma passagem. O problema era ainda maior para estudantes de escolas públicas e universitários. Por conta da falta de um transporte que auxiliasse na saída da comunidade em direção à Copacabana, alunos precisavam andar cerca de três quilômetros.
A prefeitura do Rio destacou que a mudança nos trajetos é temporária, e permanecerá em vigor apenas enquanto a Avenida Niemeyer estiver interditada. Os novos itinerários foram publicados no Diário Oficial do Município desta sexta-feira.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários