Seap investiga intoxicação de cinco agentes de Bangu 3 após tomarem refrigerante

Servidores foram atendidos, passaram por exames e já foram liberados. Na véspera do incidente, agentes da unidade penitenciária apreenderam 73 celulares e quatro roteadores

Por O Dia

Agentes foram levados à UPA, no complexo penitenciário em Bangu, onde foram atendidos e passaram por exames, e já foram liberados
Agentes foram levados à UPA, no complexo penitenciário em Bangu, onde foram atendidos e passaram por exames, e já foram liberados -
Rio - Cinco servidores da Penitenciária Gabriel Ferreira Castilho, conhecida como Bangu 3, passaram mal após tomarem um refrigerante no sábado. Eles foram imediatamente levados à Unidade de Pronto Atendimento (UPA), no complexo penitenciário em Bangu, onde foram atendidos e passaram por exames. Os servidores já foram liberados e passam bem.
A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) informa que uma sindicância foi aberta pela Corregedoria do órgão, para apurar o fato. 
O incidente aconteceu depois que agentes do mesmo presídio apreenderam 73 celulares e três roteadores por volta das 23h de sexta-feira. Dois agentes que faziam a troca de turno perceberam uma movimentação estranha em uma guarita que normalmente fica desativada. Ao caminhar para seu veículo para deixar o local, o agente viu uma pessoa fardada descendo a guarita. Ao questioná-lo, a pessoa disse que estava no RAS e que a guarita, que não costuma funcionar, foi ativada. O suposto agente pediu, inclusive uma carona ao servidor até a base do uma carona para o servidor até a base do Grupamento de Serviço de Segurança Externa GSSE, no Complexo de Gericinó, mas o servidor estranhou que ele não tenha entrado na base. 
Ele verificou sobre a "reativação" da guarita, que não costumava funcionar, e foi informado que ela estava realmente desativada. Ao perceber a contradição, fez contato com o supervisor, que montou uma equipe para ir à guarita em questão. Lá, os agentes encontraram uma mochila com 73 telefones celulares, quatro roteadores e carregadores para celular. O homem que estava fardado na guarita não foi mais localizado.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários