Governo vai criar mil novas vagas no Degase até 2020

Total do investimento na construção de 21 novas unidades será de pouco mais de R$ 125 milhões

Por O Dia

Rio,11/06/2019- Ilha do Governador- Degase, Centro de Socioeducação Dom Bosco . Foto: Cléber Mendes/Agência O Dia
Rio,11/06/2019- Ilha do Governador- Degase, Centro de Socioeducação Dom Bosco . Foto: Cléber Mendes/Agência O Dia -
Rio - O governador do Rio anunciou nesta quarta-feira a criação de mil novas vagas de semiliberdade por meio da construção de unidades do Departamento Geral de Ações Socioeducativas (Degase). Segundo Witzel, serão 21 novos espaços destinados a crianças e adolescentes infratores. 
Ainda este ano, Witzel informa que o plano é criar 220 novas vagas em unidades que serão distribuídas nas regiões Norte, Sul, Baixada Fluminense, Região dos Lagos e capital. Já no Leste Fluminense e na Região Serrana, serão mais 200 vagas de internação integral e provisória.
O governo informou que o objetivo para o segundo semestre de 2020 é que mais 600 vagas sejam criadas, completando a meta de 1000 planejadas. O total do investimento será de pouco mais de R$ 125 milhões: "Este é um problema de décadas que iremos resolver em poucos meses, dando condições adequadas de internação e de ressocialização aos jovens do Degase", disse Witzel.
De acordo com o secretário de educação, Pedro Fernandes, todas as novas unidades de internação terão escolas da rede estadual integradas: "Ao todo, somando as vagas criadas ainda este ano e as que serão geradas ao longo de 2020, serão 21 unidades com mil novas vagas, sendo cerca de 200 de semiliberdade e 800 de internação", destacou. O projeto, segundo o secretário, será realizado em parceria com a Faetec para oferecer cursos profissionalizantes aos adolescentes das novas unidades do Degase.
O governo ainda negocia com o Governo Federal a criação de uma nova unidade e a reforma de mais duas do atual sistema, no valor de aproximadamente R$ 50 milhões.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários