'Onde vamos parar com tanta covardia?', lamenta filha de mulher morta pelo ex

Dona de casa foi esfaqueada na porta de casa, na noite de sábado, em Nova Iguaçu

Por O Dia

Elcida Teixeira foi esfaqueada
Elcida Teixeira foi esfaqueada -
Rio -  A filha de Elcida Teixeira Ambrósio dos Santos, morta a facadas pelo ex-marido, Alexandre dos Santos Gonçalves, fez um desabafo nas redes sociais. De acordo com a adolescente, de 14 anos, a dona de casa era guerreira e prestativa. "Minha mãe foi mais uma vítima de feminicídio. Isso mesmo, FEMINICÍDIO, já que seu ex-parceiro não aceitava o fim do relacionamento. Onde vamos parar com tanta covardia?", indagou-se. 
Elcida, que tinha 36 anos, foi esfaqueada e morta na porta de casa, na noite de sábado, na rua Santa Eugênia, no bairro de Comendador Soares, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. O suspeito do crime foi preso em um baile logo após a ocorrência, por policiais do 20º BPM (Mesquita). 
A vítima chegou a ser levada para o Hospital Geral de Nova Iguaçu, mas não resistiu aos ferimentos. "Um vizinho avisou e a socorremos. Ela ainda estava lúcida e pedia por socorro", disse um primo. A mulher deixa um casal de filhos, de 14 e 18 anos. Os dois também ajudaram a socorrer a mãe, esfaqueada no peito.
A família acionou a PM depois do assassinato. Os policiais encontraram o suspeito em uma festa na quadra da escola de samba Leão de Nova Iguaçu, pouco depois do crime. A Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense investiga o caso.  
De acordo com familiares, enterro de Elcida acontecerá no Cemitério de Nova Iguaçu, às 14h30. 

Galeria de Fotos

Elcida Teixeira foi esfaqueada enviada para o zap zap do meia
Alexandre foi preso em baile Reprodução

Comentários