Militar do Exército é preso com carro roubado e clonado no Rio Comprido

Daniel Tavares Fernandes da Silva, de 21 anos, foi autuado em flagrante pelo crime de receptação. Ele ainda tentou fugir da abordagem, mas acabou sendo preso pela Polícia Militar

Por O Dia

Militar foi preso na Rua Paula Franssinetti, no Rio Comprido
Militar foi preso na Rua Paula Franssinetti, no Rio Comprido -
Rio - Um soldado do Exército foi preso com um carro roubado e clonado no Rio Comprido, na Zona Norte do Rio, na última terça-feira. Policiais da UPP Turano tentou abordá-lo na Praça Del Veccio, mas ele não parou e fugiu. Um cerco foi montado na região e ele não conseguiu ir muito longe, sendo pego na Rua Paula Franssinetti, a cerca de 450 metros do local inicial da abordagem. 
Após consulta, os policiais militares descobriram que o carro era roubado e clonado. Daniel Tavares Fernandes da Silva, de 21 anos, foi autuado em flagrante pelo crime de receptação pela 6ª DP (Cidade Nova) e o caso foi encaminhado à 19ª DP (Tijuca). 
Procurado, o Comando Militar do Leste (CML) disse que, além de colaborar integralmente com as autoridades policiais, determinou a abertura de Inquérito Policial Militar para a apuração dos fatos. O militar já foi transferido da delegacia a unidade militar carcerária do Exército, na Vila Militar, onde permanecerá preso.
"Cabe reiterar que o Exército Brasileiro não compactua com qualquer tipo de conduta ilícita por parte de seus integrantes, repudiando veementemente atitudes e comportamentos em conflito com a lei, com a ética ou com os valores militares", disse em nota o CML.

Comentários