Idosa é baleada dentro de casa em São Gonçalo

Alzira Alves, 77 anos, foi socorrida por vizinhos e levada para o Hospital Alberto Torres, no Colubandê, e apresenta estado de saúde estável. Não se sabe se havia algum tiroteio na região e a PM ainda não informou se realiza alguma ação no bairro

Por O Dia

Idosa baleada dentro de casa no Jockey, em São Gonçalo foi socorrida no Hospital Alberto Torres
Idosa baleada dentro de casa no Jockey, em São Gonçalo foi socorrida no Hospital Alberto Torres -
Rio - Uma idosa foi baleada dentro de sua casa no bairro Jóquei, em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio, na manhã desta quinta-feira. Alzira Alves, de 77 anos, foi socorrida por vizinhos por volta das 10h20 e levada para o Hospital Estadual Alberto Torres, no Colubandê. 
A idosa deu entrada no centro de trauma da unidade. Segundo a direção do hospital, ela apresenta estado de saúde estável. Não se sabe se havia algum tiroteio na região.
Procurada, a PM informou, às 14h34, que não havia até o momento registro de operação do batalhão no bairro. A corporação disse que foi chamada no Hospital Alberto Torres após Alzira dar entrada ferida. O caso foi registrado na 74ª DP (Alcântara).
De acordo com informações da 75ª DP (Rio d’ Ouro) o caso foi registrado e diligências estão sendo feitas em busca de testemunhas e imagens que possam ajudar a esclarecer o fato. As investigações estão em andamento.
Idoso baleado a caminho do trabalho
Na manhã de ontem, um idoso de 68 anos foi atingido por duas balas perdidas quando estava a caminho do trabalho, também em São Gonçalo. Luiz Sergio de Menezes, de 68 anos, foi ferido no braço e na perna direita, por voltas das 8h30, no bairro Rocha.
O idoso foi levado ao Pronto Socorro Central de São Gonçalo (Zé Garoto). De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, ele passou pelo setor de trauma da unidade, fez raio-x e tomografia e está bem. Ele recebeu alta no início da tarde. Procurada pelo DIA, a PM disse que não foi acionada para o caso.
Em maio, uma outra idosa morreu após ser vítima de bala perdida durante um confronto entre policiais do 7º BPM (São Gonçalo) e traficantes da comunidade da Força, no mesmo município. Marli Pereira Tecla, de 65 anos, foi levada para o Hospital Estadual Alberto Torres, mas não resistiu aos ferimentos.

Segundo a Polícia Militar, militares realizavam uma operação na região quando criminosos armados efetuaram disparos e iniciaram o confronto. Na fuga, os bandidos abandonaram uma pistola 9 mm, dois carregadores, munições, drogas e um rádio transmissor. Posteriormente, equipes foram informadas que uma senhora foi encontrada baleada no interior da comunidade. O caso foi registrado pela 72ª DP (Mutuá).
 

Comentários