Homem preso pela Polícia Federal abastecia o tráfico no Alemão

Arsenal era transportado dentro de churrasqueiras elétricas

Por O Dia

Armas e munições eram enviados dentro de churrasqueiras elétricas
Armas e munições eram enviados dentro de churrasqueiras elétricas -
Rio - Churrasqueiras elétricas eram utilizadas para transportar munições calibre 7,62 mm e fuzis AK-47 para abastecer criminosos do Complexo do Alemão, na Zona Norte do Rio. Um suspeito de comandar o esquema foi preso pela Polícia Federal na quinta-feira, em Cascavel, no Paraná, durante a Operação Bullets.
De acordo com a PF, o investigado enviava o material dentro de churrasqueiras elétricas compradas em lojas do comércio local e despachadas por transportadoras. A investigação da ação teve início após a prisão de duas pessoas (uma em Cascavel e outra no Rio de Janeiro), ligadas ao grupo, e a apreensão de cerca de 2.700 munições em fevereiro deste ano.
Os policiais constataram que o suspeito não só despachava o arsenal como também cuidava do transporte desde a fronteira do Brasil com o Paraguai até a capital fluminense, para negociar com os traficantes de facções que dominam a região. As investigações apontaram ainda que os criminosos tinham ligação com países vizinhos ao Brasil.

Comentários