Segurança Presente retira mais de 30 facas das ruas em apenas um dia

Ação é realizada após morador de rua esfaquear três pessoas em bairro da Zona Sul

Por O Dia

Material apreendido na Lapa estava escondido em arbustos e no lixo
Material apreendido na Lapa estava escondido em arbustos e no lixo -
Rio - Dois dias após as mortes do engenheiro eletricista João Feliz de Carvalho Napoli e do professor Marcelo Henrique Correa Cisneiros Reis, em um ataque de um morador de Rua, na Lagoa, na Zona Sul do Rio, o Segurança Presente apreendeu 55 objetos cortantes em ações nas ruas da cidade. Entre os materiais encontrados estavam 36 facas. A operação foi realizada nesta terça-feira na Lagoa, Ipanema, Leblon, Aterro, Centro, Tijuca, Méier, Lapa, Copacabana e Niterói.
Durante a noite desta terça-feira, os agentes da Lapa Presente encontraram 19 facas, dois estiletes, um tesoura e uma serra escondidas em arbustos, ralos, lixeiras e outros locais. No Parque do Flamengo, os agentes do Aterro Presente encontraram oito facas, um canivete e um estilete junto a pertences de população de rua, bueiros e nas imediações da Praça Paris e na Glória.

Galeria de Fotos

Material apreendido em ação do Aterro Presente Divulgação / Segurança Presente
Material apreendido em ação do Lapa Presente Divulgação / Segurança Presente
Um homem com uma faca foi preso em flagrante e conduzido à 9ª DP (Catete). A operação volante que atua em Botafogo também abordou e encaminhou para a delegacia uma pessoa com comportamento agressivo que segurava uma faca.
Em Copacabana, um homem foi flagrado com uma faca tentando roubar uma senhora. Ao notar a aproximação dos policiais, ele se desfez da arma e fugiu. Em Niterói, os agentes encontraram em abordagens 5 armas brancas, 1 estilete, 2 chaves de fenda e uma faca.
Nos bairros da Zona Norte atendidos pelo programa, policiais e agentes civis do Tijuca Presente encontraram uma faca junto aos pertences de um morador de rua que dormia em um banco na praça Saens Peña. Ele foi levado para à 19ª DP (Tijuca). Já o Méier Presente encontrou 4 facas, 2 facões, 2 facas de cozinha e 1 tesoura. O material foi levado para a 26ª DP (Todos os Santos).
Ataque na Zona Sul
No início da tarde deste domingo, um morador de rua em surto esfaqueou e matou duas pessoas na Lagoa, na Zona Sul do Rio. O responsável pelo crime atacou o engenheiro elétrico João Napoli, 35 anos, a namorada do rapaz, Caroline Moutinho, 30, e o personal trainer Marcelo Henrique Corrêa, 39, que tentou ajudar o casal. João e Marcelo não resistiram aos ferimentos e morreram. Além deles, mais quatro ficaram feridos, mas por disparos de PMs para conter o esfaqueador. 
O casal, João e Carol foram atacados enquanto estavam parados no sinal. O homem acertou João que estava com a janela aberta. Carol foi atingida na mão ao tentar ajudar o noivo. Enquanto os dois corriam para fora do veículo para conseguirem se proteger, a mulher foi novamente esfaqueada no abdômen. Eles estacam com casamento marcado para o próximo dia 16.
A Polícia Civil informou que Marcelo passava pelo local quando se deparou com o ataque. Ele foi socorrer as vítimas, mas acabou sendo atacado também pelo morador de rua.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários