Muro e heliponto dos bombeiros ficam destruídos após ressaca na Praia do Pepê

De acordo com o Corpo dos Bombeiros, o heliponto foi interditado e não gera impacto nas operações aéreas da corporação

Por O Dia

2º Grupamento Marítimo - Praia do Pepê, Barra da Tijuca
2º Grupamento Marítimo - Praia do Pepê, Barra da Tijuca -
Rio - O muro e o heliponto da base dos bombeiros foram destruídos, neste domingo, na Praia do Pepê, na Barra da Tijuca, Zona Oeste, após a ressaca do mar. De acordo com o Corpo dos Bombeiros, o heliponto foi interditado e não gera impacto nas operações aéreas da corporação.
Ainda de acordo com os bombeiros, para o resgate de vítimas, os helicópteros podem descer na areia da praia ou podem se deslocar para o heliponto da Lagoa, que fica aproximadamente 5 minutos da Barra. Procurada pelo DIA, a Secretaria Municipal de Conservação não se manifestou sobre o caso. 
 

 
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários