Roubos de cargas e automóveis caem no mês de julho

Números foram obtidos com exclusividade pelo DIA e serão divulgados esta semana pelo Instituto de Segurança Pública (ISP)

Por RAFAEL NASCIMENTO

Policiais fizeram cerco na Avenida Brasil para interceptar caminhão roubado no último domingo
Policiais fizeram cerco na Avenida Brasil para interceptar caminhão roubado no último domingo -
Rio - Os números de roubos de cargas e de automóveis caíram no Estado do Rio em julho. Dados da Polícia Civil, obtidos com exclusividade pelo O DIA, apontam que a Delegacia de Roubos e Furtos de Cargas (DRFC) conseguiu diminuir em 7% as ocorrências, enquanto que na Delegacia de Roubos e Furtos de Automóveis (DRFA) a redução foi de 10%, em relação ao mesmo mês de 2018. As informações serão divulgadas nos próximos dias pelo Instituto de Segurança Pública (ISP).
Segundo os números preliminares, a DRFC registrou pouco mais de 685 roubos em julho. No mesmo mês de 2018 foram 731 registros. Já na DRFA, em julho do ano passado, os agentes contabilizaram 3.508 roubos de carro. Neste mês, contudo, foram registrados 3.143 ocorrências em todo o Estado do Rio.
De acordo com os dados da polícia, os dois tipos de crimes se concentram em bairros como Irajá, Costa Barros e Pavuna, na Zona Norte, e em Bangu e Realengo, na Zona Oeste, além de São Gonçalo e municípios da Baixada Fluminense, como Duque de Caxias e São João de Meriti.
O diretor do Departamento Geral de Polícia Especializada (DGPE), delegado Delmir Gouvea, informou ao O DIA que a redução dos crimes aconteceu após o órgão e outros departamentos efetuarem, durante o mês de julho, ações de mapeamento e coleta de dados em repressão a roubos de carros e de cargas. “Foram feitas cerca de quatro mil consultas de antecedentes e pendências de mandados, bem como abordados cerca de 800 veículos. A medida resultou em várias prisões de criminosos que praticavam esses dois tipos de crimes. Além disso, fizemos diversas operações”, destacou. “Está dando resultado. Os números estão mostrando”, comemorou Gouvea.
Segundo os números da Polícia Civil, a DRFC conseguiu reduzir em quase 21% as ocorrências nos sete primeiros meses deste ano em relação ao mesmo período de 2018. Já a DRFA reduziu em pouco mais de 24% os registros entre janeiro e julho de 2019.
Os dados do ISP apontam que desde o começo do ano os dois tipos de crimes têm diminuindo. Entre janeiro e julho de 2019, a Polícia Civil conseguiu evitar que 1.074 cargas fossem roubadas nas estradas que cortam o estado. Já em relação aos roubos de carros, foram 7.231 veículos que deixaram de ser levados pelos criminosos. 
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários